terça-feira, 5 de julho de 2011

Partidarizando a festa

Na edição de 2008 da Festa da Uva as Rainhas e Princesas deixaram "seus compromissos oficiais" (eles que dizem que isso existe) para ir cantar parabéns na festa de aniversário do Prefeito José Ivo Sartori (PMDB). A alegação "oficial" da comissão organizadora elas não estavam como "soberanas" da festa. Naquela época a oposição chiou e até setores mais conservadores fizeram um pouco de cara feia, afinal de contas a festa seria "de toda a cidade" e o prefeito não poderia querer "bombar" seu aniversário com a presença das soberanas.
Governo Sartori tem uma grande dificuldade em separar o
público do privado

O que aconteceu na época é uma demonstração clara de apropriação privada do que é público. No caso apropriação por um partido, ou seja, partidarização. Mas parece que o fato não serviu de lição para ninguém. Muito sutilmente os "casais organizadores da festa" lançaram na agenda oficial das pré candidatas outro que ao nosso entender é partidário.

Tivemos acesso a agenda das pré candidatas e lá consta para o dia de hoje "Lançamento do Livro do Germano Rigotto na Casa da Cultura". Tudo bem que embaixo está escrito "opcional", ou seja, a participação nesse evento não conta para a escolha. Entretanto fica claro que os "casais organizadores da festa" estão querendo dar um plus, no lançamento do livro do ex-deputado e ex-governador Rigotto.

Muita gente pode pensas nesse momento que isso pode ser perseguição, muito antes pelo contrário. As candidatas participarão, ou serão convidadas a participar, de todos os outros lançamentos de livros de Caxias do Sul? ou só serão para esse por que o escritor é do PMDB? Será usada alguma estrutura, e custos, da festa para garantir essa participação?

Transparência é tudo e isso, com certeza você não lerá no PIG (grande mídia) caxiense.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com