segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Tantas perguntas e nenhuma resposta do Sartori

O governo Sartori é uma sucessão de trapalhadas. Se não fosse a blindagem da mídia caxiense, que até divulga um pouco, mas logo deixa o assunto morrer, as taxas de rejeição dele seriam altíssimas. Mas o "governo de faz de conta" não se sustenta por mais muito tempo.

Nesses últimos meses houveram uma sucessão de caso, que de tão bizarros, não podemos deixar que caiam no esquecimento. Por isso, para relembrar, estamos fazendo uma seção:

Perguntas que o Sartori não respondeu (eleja a que você acha melhor):

1 - Quando a greve dos médicos irá acabar?

2 - Quando a prefeitura irá fiscalizar os táxis, para acabar com a farra da venda de licenças, e abrir licitação para novas placas?

3 - Quando a prefeitura irá punir a contratação irregular a empresa do filho da presidente da FAS (para prestar serviços de informática) e fazer a Lurdinha devolver o dinheiro?

4 - Será que as Palmeiras Imperiais, que o CC da prefeitura Gelson Palavro cortou sem licença, irão sobreviver?

5 - O Gelson Palavro pagou a multa ambiental pelo corte das palmeiras?

6 - A prefeitura irá investigar quem ordenou a derrubada, irregular, de 4 casas no Altos da Maestra e exigir que essa pessoa o ressarcimento aos cofres públicos do que ela gastar em indenização?

7 - Quando a prefeitura vai esclarecer o motivo das obras da Represa do Marrecas terem estourado o orçamento em mais de 65%?

8 - Quando a prefeitura irá explicar por que a licença ambiental para a obra do Marrecas parece ter sido conseguida de maneira não muito regular?

9 - Quando a prefeitura vai cumprir com a sua palavra e construir a creche que foi definida no OC do bairro Mariani?

Tantas histórias, Quantas perguntas (Perguntas de um operário que lê - Bertold Brecht)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com