sábado, 3 de setembro de 2011

Filtro cultural III - o conservadorismo venceu

Não queremos ser derrotistas, mas fatos não fatos. Na terceira tentativa Maria Inez Périco, atualmente diretora do Centro de Cultura Henrique Ordovás Filho, consegue implantar a sua política de segregação cultural. Desde o início do governo Sartori, Maria Inez tem tentado excluir gêneros musicais, e por consequência, pessoas, dos aparelhos culturais da cidade.

Da primeira vez foi a proibição de bandas de rock tocarem na Casa da Cultura com a desculpa que o público depredava o local. Para a diretora quem assiste banda de rock é um depredador maluco. A reação contrária foi tão grande que a proposta não avançou. Realocada no Ordovás, nesse ano, ela tentou mais uma vez, ao impor que tipo de banda deveria se apresentar no palco do Zarabatana. Com argumentos esdrúxulos, sua proposta também não durou muito.

Pela terceira vez Maria Inez volta sua armas contra a cultura e, dessa vez por contrato, estabelece a "Lei das Onze" no Ordovás. O Polenta News já havia noticiado, antes de toda a imprensa caxiense, essa mudança (leia aqui).  Com a nova licitação, apesar do Zarabatana continuar como o direito de explorar o espaço, novas regras devem ser seguidas. A principal deve é que as atividades artísticas-culturais devem encerrar às 22 horas. Como, de quinta a domingo, há sessão de cinema, usar som amplificado atrapalha quem está vendo o filme, logo, pela nova exigência, Maria Inez consegue, finalmente, filtrar as apresentações que acontecem no local.

É importante salientar que essa decisão prejudica inúmeros grupos musicais que tem o Zarabatana como seu palco. Alguns começaram, inclusive, tocando nesse local. Outra observação importante é que a direção do Centro de Cultura praticamente não promove atividade nenhuma e, pelo visto, não faz questão nenhuma das pessoas frequentarem o espaço.

Mais uma vez o conservadorismo e o elitismo cultural venceram, mas esperamos que seja por pouco tempo. Uma prefeitura que fica dizendo que conquistou o título de "Capital Brasileira da Cultura" trata muito mal que tenta fazer cultura na nossa cidade. Caxias cada vez mais se torna a Cultura do Capital"

Um comentário:

  1. BANDAS COVER, BANDAS COVER!!!!!!!! sao bandas artisticas desde quando???? sao pateticas!

    ResponderExcluir

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com