terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Caxias: a cidade dos semáforos (ou das sinaleiras)

Quem é motorista sabe: quando instalados nos lugares certos e em sincronia, os semáforos ajudam a organizar o trânsito, diminuem os acidentes e dão chance para os pedestres terem vez na rua.

Porém, parece que a Secretaria de Trânsito do governo Sartori não entende tanto assim do assunto. Muitos semáforos foram instalados na área central, vários em locais onde não eram tão necessários. Semáforos em demasia travam o trânsito e fazem as pessoas perder tempo.

Um exemplo de semáforo desnecessário está sendo instalado no cruzamento entre as ruas Bento Gonçalves e Andrade Neves. Não havia dificuldades de se passar tanto de um lado como de outro... mas enfim... Tem gente que gosta de atrapalhar a vida dos cidadãos e cidadãs.

2 comentários:

  1. Passo todo o dia no referido cruzamento e dependo da boa vontade dos motoristas para atravessar (nem sempre tenho sorte) e já fiquei algumas vezes esperando até que todos os carros conseguissem seguir em frente para atravessar. Imagina pessoas com dificuldade de locomoção...

    Engana-se quem pensa que semáforo serve apenas para organizar o trânsito de veículos é, antes de tudo, um aliado na segurança dos pedestres.

    ResponderExcluir
  2. Nem sempre o semáforo é aliado na segurança do pedestre. Dependendo o caso ele até atrapalha dependendo se mais ou menos carros fazem conversões, como no caso o fazem a direita.

    O maior problema na nossa cidade é que não se respeita as leis de trânsito e não há, nunca, fiscais de trânsito para orientar o tráfego.

    Quem já viu um fiscal de trânsito ajudando o fluxo, de carros ou pedestres, quando uma sinaleira queima? Eu nunca vi. Só vejo eles junto com os "azuizinho" dando multa, isso é uma fúria arrecadatória da prefeitura.

    ResponderExcluir

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com