sexta-feira, 2 de março de 2012

Por que será que os médicos são tão ojerizados?

Não é à toa que os médicos cada vez mais perdem sua credibilidade e boa fama junto à sociedade. Têm salários muito superiores a qualquer trabalhador, um trabalho realmente supervalorizado. Na cidade fizeram uma greve sem precedentes que só lhes rendeu ojeriza da população.

Eles se protejem de forma que passa o simples corporativismo de qualquer categoria. Qualquer pessoa tem reclamações de mal atendimento seja no SUS seja nos convênios.

Um exemplo de quanto boa parte da categoria esboça atos totalmente reprováveis é essa declaração no status do Facebook de um médico que, além de atender por convênios, atende pelo SUS.

Ele debocha de seus pacientes que não têm culpa de não saber descrever os sintomas de suas doenças. Aliás, se acha que ouve muitas bobagens, temos de lhe dizer que é sim muito bem pago para escutar todo o tipo de disparate que sua profissão lhe permite. Afinal, tudo tem seu ônus e bônus. Apesar do descontentamento de muitos com o atendimento, as pessoas ainda vêem os médicos como seres capazes de solucionar todos os seus problemas físicos e muitas vezes emocionais.

Pra além da anatomia, o curso de medicina necessita de algumas cadeiras de relacionamento pessoal e de serviço social. Um médico precisa saber compreender também os males da sociedade em que vive. Precisa saber, nem que seja um pouquinho, dos males da alma...

Esse médico que escreveu essas babaquices matou as aulas de ética também pelo visto!

Um comentário:

  1. Um verdadeiro absurdo o que esse médico postou. Mostra como alguns profissionais vêem a medicina apenas pelo lado financeiro ou simplesmente técnico, esquecendo-se que estão lidando com seres humanos com sentimentos...

    ResponderExcluir

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com