Aprovação a Dilma bate recorde e alcança 77%

A mais recente pesquisa CNI/Ibope divulgada hoje aponta o índice recorde de aprovação da presidenta Dilma. Segundo o levantamento, 77% da população acha que o modo de governar da presidenta é bom ou ótimo. Esse percentual é superior ao alcançado por Fernando Henrique Cardoso (57%) e por Lula (60%) no início do segundo ano de seus mandatos.

A pesquisa mostra haver aumentado também a confiança da população na presidente Dilma, de 68% em dezembro para 72% , enquanto a avaliação positiva do governo – conceito ótimo/bom – permaneceu estável entre uma pesquisa e outra, com 56%. Houve destaque para o aumento da crença dos eleitores das regiões Sul e Nordeste na presidente. No Sul, o índice saiu de 65% para 72% e no Nordeste de 73% para 79%.

Mudou também a percepção que as pessoas tem sobre os temas do governo. Os mais citados foram os programas sociais voltados as mulheres, lembrados por 9% dos entrevistados. Já as questões relacionadas a corrupção caíram de 21%, em dezembro de 2011, para 5% agora. Para 28% dos eleitores as notícias relacionadas a presidenta são positivas (esse índice era de 21% em dezembro).

As áreas mais criticadas foram a carga tributária (65%), saúde (63%) e segurança (61%). Na outra ponta ações de combate a pobreza receberam 59% de aprovação e as ações em relação ao meio ambiente 53% de concordância. 

Há um ano atras a aprovação da presidenta chegava a 73%, ela sofreu uma queda e em julho havia chegado a 67%. De lá para cá só veio subindo. Entre dezembro e março aumentou 5 pontos percentuais. Os principais analistas políticos apontam esse crescimento no estilo de gestão de Dilma. Paradoxalmente esse era um dos pontos mais criticados, por esses mesmos analistas, durante a campanha eleitoral. Ao exigir uma gestão rigorosa dos gastos públicos, não tolerar a corrupção e não fazer o jogo do toma lá, da cá, a presidenta vem ganhando simpatia do eleitoral, que hoje já alcança um número muito superior daquele de quem a elegeu.

Outro fator importante é que o ruim ou péssimo somam apenas 8%!!!

Mesmo com toda a campanha contra por parte da grande mídia, com a "enxurrada" de denúncias, muitas vezes fabricadas, como pode-se perceber agora com o escândalo do Demostenes/Cachoeira, a popularidade da presidenta continua subindo. Isso demonstra que a população não absorve mais as mentiras do PIG (Partido da Imprensa Golpista) assim tão tranquilamente.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mauro Pereira, fiel escudeiro de Eduardo Cunha na Câmara de Deputados

É um absurdo: Lasier Martins arranjou emprego para a namorada na Assembleia Legislativa

TV Caxias terá bens leiloados