segunda-feira, 9 de abril de 2012

Daneluz desiste de pré-candidatura

Na tarde desta segunda-feira (09) o vereador de Caxias do Sul, Marcos Daneluz, anunciou, em uma coletiva de imprensa, sua desistência como pré-candidato interno do PT à disputa municipal. Daneluz que faz parte da tendência interna do PT Socialismo 21 anunciou, um tanto quanto contrariado, que não disputará mais internamente com a outra pré-candidata petista Marisa Formolo.

Após a nomeação de Pepe Vargas como Ministro do Desenvolvimento Agrário, o PT se viu em uma sinuca de bico quando tanto Marisa Formolo quanto Marcos Daneluz colocaram seu nome à disposição do partido para a corrida eleitoral. Avesso às disputas internas que podem vir a fragilizar futuramente a campanha eleitoral, a direção do partido tentou, incansavelmente o consenso entre as forças. A maioria das tendências internas do PT se posicionou pelo apoio à candidatura de Marisa Formolo. As correlações de força foram se estreitando e Daneluz ficou isolado dentro do PT, com apoio apenas da sua corrente e de parte do PT Amplo, representado por Vitor Hugo Gomes. Os filiados que apoiam a candidatura de Daneluz pressionaram para que se fizessem prévias do partido pela escolha do candidato à cabeça de chapa, o que era rechaçado por boa parte do diretório do PT.

A insistência de Daneluz em exigir a realização de previas acabou gerando mais manifestações de apoio a Marisa. Foi o caso da Secretaria de Mulheres do PT de Caxias. Isso também gerou uma situação inusitada quando, durante o Encontro de Mulheres Estadual do PT, foi aprovada uma moção de apoio à Marisa Formolo como candidata de Caxias por unanimidade das mulheres presentes, ou seja, até mesmo a corrente Socialismo 21, corrente de Daneluz, votou a favor.

Fontes bem informadas de dentro do PT dizem que muitos filiados estavam cobrando que Daneluz retirasse a candidatura em prol da unidade do partido. Esse movimento foi decisivo para o desfecho.

Com a confirmação da candidatura de Marisa Formolo, o PT volta a ter uma posição mais confortável e pode voltar a se organizar para as eleições municipais. Mesmo após a turbulência por que passou, ainda conseguiu sair na frente do PMDB que, também por disputas internas e pela sede de poder, ainda não decidiu que será seu candidato a prefeito ou vice...


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com