Coronel responsável pelo Massacre de Eldorado de Carajás está preso

Os meliantes: Oliveira (E) condenado a 158 anos e Pantoja
condenado a 228 anos deverão voltar à cadeia
Uma pessoa condenada a 228 anos de prisão estava solta desde 2005 por conta de um habeas corpus obtido no Supremo Tribunal Federal, porém não se via grandes notícias na mídia cobrando a prisão dele, nem mesmo a ONG Brasil Sem Grades citou o caso nos seus almoços na CIC.

A pessoa, se é que se pode chamar essa assassino disso, é o coronel da Polícia Militar Mário Colares Pantoja, que junto com o major José Maria Pereira de Oliveira, condenado a 158 anos de prissão, comandaram a ação que resultou na morte de 21 trabalhadores rurais sem terra em Eldorado do Carajás. Na mais violenta ação policial contra um movimento social desde a redemocratização.

Durante esses anos todos por esses dois indivíduos terem servido aos grandes latifundiários o caso ficou relegado as manifestações dos movimentos sociais que exigiam a condenação e, depois, a prisão dos envolvidos. Pois na última segunda feira, dia 7, Pantoja se apresentou a polícia onde foi encaminhado ao Centro de Recuperação Especial Coronel Anastácio das Neves, que fica no município paraense de Santa Izabel. Há ainda um mandato de prisão contra Oliveira.

Felizmente mais um bandido está atrás das grades.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mauro Pereira, fiel escudeiro de Eduardo Cunha na Câmara de Deputados

É um absurdo: Lasier Martins arranjou emprego para a namorada na Assembleia Legislativa

TV Caxias terá bens leiloados