terça-feira, 1 de maio de 2012

Top 5 Polenta News - Abril 2012


A interminável comissão processante que julgará se o ex (ou não) vereador Moises Paese (PDT) cometeu quebra de decoro parlamentar ao apresentar atestados falsos tem rendido os tópicos mais lidos no nosso blog. Apesar de não escrevermos sobre o assunto há meses, em abril duas postagens, sobre o caso, figuram como as mais lidas.

Veja abaixo o nosso Top 5 do mês de abril.Os números entre parenteses significam quantas vezes a postagem figurou na nossa lista.

Óleo de Peroba pro Harty Paese (6) - No final de novembro o, agora ex-vereador, Harty Paese, renuncia ao seu mandato. Acoado por denúncias, comprovadas, de falsificação de atestados médicos, Paese nem aguardou a comissão de sindicância, que acabaria abrindo processo de cassassão ao mandato dele.

Será que você também foi vítima de ilegalidade da Secretaria de Trânsito? (1) - Não saber direito as leis de trânsito levou o Diretor da Secretaria de Trânsito, Transporte e Mobilidade Urbana, Carlos Roberto Noll, a ser citado pelo Ministério Público sobre apreensões irregulares de veículos que foram parados, e multados, nas Blitz da Lei Seca.

Psicose tóxica: Prêmio cara de pau para Harty (1) - Como estratégia de defesa Moises Paese tenta na justiça reverter a sua renuncia dizendo que, no momento em que fez isso, estava sob "Psicose tóxica.

Empreiteira Delta contribuiu para a campanha eleitoral do PMDB de Caxias do Sul (1) - Fomos o primeiro veículo de Caxias que repercurtiu essa informação publicada na coluna da Rosane Oliveira, na Zero Hora. A empreiteira Delta, investigada por suas ligações nada corretas com o bicheiro Carlinhos Cachoeira e o Senador Demóstenes Torres (DEM), fez doações aos principais candidatos peemedebistas nas eleições municipais de 2004, entre eles o atual prefeito, José Ivo Sartori.

R$ 14 milhões: na Festuva quem gasta também fiscaliza (1) - Uma operação do Ministério Público desbaratou um esquema feito por empresas de locação de banheiros químicos que superfaturavam ou combinavam valores para vencer licitações. No caso da Festa da Uva a empresa pagou o dobro do valor de mercado pelo serviço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com