terça-feira, 2 de outubro de 2012

Embolou o meio de campo. Segundo turno pode ser realidade em Caxias

A pesquisa realizada pelo Studio Pesquisas e contratada pelo Sul 21, (leia aqui sobre as pesquisas que serão divulgadas essa semana), mostra um cenário nebuloso. O que era um fato até 10 dias atrás, que Alceu Barbosa (PDT) ganharia no primeiro turno, passa a ser apenas uma possibilidade. Os números mostram um crescimento enorme do candidato petista, Marcos Daneluz (PT) e, pela primeira vez, uma queda acentuada do candidato situacionista.

Segundo o levantamento Alceu Barbosa Velho (PDT) tem 39% das intenções de voto. Marcos Daneluz (PT) aparece com 26%, Assis Melo (PCdoB) teria 9%, Milton Corlatti (DEM) está estacionado em 2% e Luis Possamai (PSOL) não recebeu nenhuma menção. O que espanta é a quantidade de eleitores indecisos (15%). Veja quadro abaixo.

Essa foi a primeira pesquisa depois das denuncias que atingiram a maioria dos candidatos a prefeito. O último levantamente havia sido publicado pelo Correio do Povo no dia 25 de setembro. Entre os dois levantamentos Alceu caiu quase 8 pontos percentuais. Daneluz subiu 7 pontos e Assis caiu 6. O que aumentou significativamente foram os eleitores indecisos que subiram de 4% para 11%. Veja o gráfico abaixo com a comparação entre as duas pesquisas.



Não há dúvida que as recorrentes denuncias que atingiram a campanha situacionista estão fazendo, no mínimo, os eleitores ficarem com um pé atrás. Outro indício de que essa pesquisa tem um grau de realidade é que o PDT registrou uma pesquisa para poder ser divulgada. Ela estaria disponível ontem, porém não foi para o ar ainda. Só há mais um dia de programa eleitoral da majoritária e a hesitação em divulgá-la pode ser explicada por ela mostrar que a diferença entre Alceu e Daneluz diminiui.

Como sempre dizemos pesquisa de verdade é na urna (quando os votos são contados direitinho). Mas achamos que um segundo turno, depois de tantas denúncias nesses últimos dias é fundamental.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com