quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Ministério Público Eleitoral cumpre mandado de busca e apreensão na Prefeitura e Festa da Uva

Uma operação que reuniu servidores da Justiça Eleitoral, Polícia Federal, Brigada Militar e Ministério Público fez uma devassa em setores da prefeitura e na Festa da Uva. O objetivo do mandato, embora não confirmado pelo promotor Adrio Gelatti, era apurar possível crime eleitoral.

Foram apreendidos HDs (discos rígidos dos computadores) do setor de Marketing e documentos. O promotor afirmou que a investigação está sob "sigilo de justiça" e não informou maiores detalhes aos jornalistas que estavam presentes.

A ação que levou mais de duas horas foi acompanhada pelo Pelotão de Operações Especias - POE.
Segundo informações ainda não confirmadas os computadores estariam sendo usados para atividades de campanha. Uma ação semelhante envolveu um grande contingente nos Pavilhões da Festa da Uva onde, também, houve apreenssão de equipamentos.

O que é estranho é o segredo de justiça. A regra é a publicidade nesses casos. O sigilo é uma excessão e pode ser usado quando provas ou testemunhas corram algum risco.

O promotor saiu da prefeitura pela porta dos fundos e negou-se comentar sobre o assunto. Espera-se que o promotor venha a público esclarecer o que aconteceu e apontar quem são os envolvidos como aconteceria com qualquer cidadão comum.
 
Todo o andamento teve cobertura pelo Facebook do Polenta News. Fomos os únicos que publicaram as informações em tempo real. Queremos agradecer as dezenas de pessoas que nos auxiliaram passando informações e imagens.

Veja abaixo imagens da operação.

Promotor Adrio Gelatti, nada a declarar

Veículo da Justiça Eleitoral em frente a Prefeitura: suspeita de crime eleitoral

Chegada do POE no Gabinete do Prefeito [foto de @andressaxa via twitter]

Servidor da Justiça Eleitoral investigando documentos na Secretaria de Governo

Carros da brigada militar, polícia federal e justiça eleitoral em frente a Prefeitura para cumprir mandado de busca e apreensão.

POE - Pelotão de Operações Especiais também acompanhou o mandado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com