terça-feira, 6 de novembro de 2012

Motorista desastrado destroi patrimônio histórico


Caxias já não preserva seu patrimônio histório. Isso é um fato. O pouco que é preservado é alvo, constantemente, de depredação. A manhã de hoje foi mais uma capítulo dessa triste história.

Um caminhão, transportando uma máquina que seria usada nas obras do Fórum de Caxias do Sul, derrubou o pórtico de entrada da Cantina Antunes. O Fórum, assim como a UAB, Ordovás e outros prédios privados ocupam a área que era da Cantina Antunes que foi fundada em 1865 (por isso essa data no pórtico que é 10 anos anterior a chegada da imigração italiana em Caxias do Sul) e se instalou em Caxias em 1910.

Segundo pessoas que moram nas redondezas o motorista tinha sido alertado que o caminhão não passaria pelo pórtico (nas imagens fica claro que a carga é muito mais alta) porém ele teria dito que "achava que dava". Após a queda de toda a estrutura ele tentou sair de baixo dos esconbros e, com isso, foi puxando fios de luz, telefone, etc, que estavam bem na frente.

A situação demonstra o grau de imprudência do motorista, por ser profissional, deveria obviamente ter mais noção sobre transporte de cargas, a irresponsabilidade da empresa por colocar um caminhão em alguém visivelmente tão despreparado e do poder público que deveria acompanhar mais de perto o deslocamento de cargas desse tipo.

O transporte de máquinas e outros objetos de grande volume, principalmente de grande altura, deveriam ter, obrigatoriamente, o acompanhamento da fiscalização de trânsito. Não são poucas vezes que o transporte desse tipo de equipamentos causa transtorno no trânsito, arranca fios dos postes, arranca galhos de árvore e por aí vai. Numa cidade que tem um polo metal mecânico imenso como o nosso isso deveria ser uma constante.

Infelizmente não há de se duvidar que existam pessoas que fiquem até felizes com a derrubada "daquela velhiaria que só atrapalhava o trânsito".

Fica agora uma pergunta o que acontecerá? O motorista ou a empresa transportadora terão que restaurar o pórtico? ou ficará como o caso do moinho de Ana Rech que foi parcialmente demolido (e o resto da estrutura está ruindo) e aí o depredador leva uma multa e fica tudo como está?


Fotos: Mário André

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com