Papo de Corredor - Curso para vereadoras vai muito além da política

Algumas participantes da 2ª Capacitação Nacional para Vereadoras Eleitas ao Mandato 2013/2016, promovido pela Ação da Mulher Trabalhista (AMT) em Canela, ficaram constrangidas com os gastos supérfluos e com algumas "capacitações" constantes do programa. 

O encontro que reuniu 75 vereadoras, eleitas pelo PDT, de 11 estados, sendo a maioria do RS e MG, aconteceu de 30 de julho a 1º de agosto tinha o objetivo de qualificar as novas vereadoras no exercício do mandato. No programa do curso haviam orientações sobre dicção e oratória, orçamento e elaboração de projetos. Mas o que causou indignação, em algumas participantes, foram as festas, jantares, espumante, compras, e até aulas de maquiagem que estavam no programa do curso.

Obviamente outras pedetistas saíram em defesa do evento. É o caso das vereadoras Cleiva Heck, de Venâncio Aires, e Tania Maria Depiere, de Santo Augusto. Ambas alegam que o curso foi proveitoso e irá colaborar com o exercício do mandato. 

Não resta dúvida que uma parte da programação é realmente bastante relevante. Contudo, como disse uma vereadora que ficou anônima, com medo de represálias, "esperava mais austeridade num evento pago com dinheiro do Fundo Partidário".

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mauro Pereira, fiel escudeiro de Eduardo Cunha na Câmara de Deputados

É um absurdo: Lasier Martins arranjou emprego para a namorada na Assembleia Legislativa

TV Caxias terá bens leiloados