terça-feira, 8 de outubro de 2013

Lasier Martins se utiliza de espaço nobre na televisão para anunciar candidatura

Foi um anúncio chocante (piada infame), mas era mais do que esperado. Lasier Martins utilizou 6 minutos no Jornal do Almoço de ontem, 07/10, para anunciar sua candidatura ao Senado pelo PDT. As especulações em torno da sua candidatura não são recentes. A última pesquisa Ibope pode ter sido o elemento que faltava para que ele assumisse a empreitada.

Na pesquisa Germano Rigotto (PMDB) que não se assumiu como candidato lidera a preferência de votos. O atual Senador, que acaba seu mandato em 2014, Pedro Simon (PMDB) aparece em quarto lugar apenas. Nesse cenário Lasier pode ter achado que valia a pena tentar.

Nem um pouco constrangido pela campanha antecipada (estamos no calendário eleitoral de 2014 desde sábado) Lasier falou que durante anos foi procurado por partidos para se candidatar e concorrer a um mandato mas preferiu investir na carreira de comunicador.

Segundo a RBS em seu código de ética, "O Grupo RBS entende como incompatível a simultaneidade da condição de comunicador com acesso ao público e candidato a cargo político. No momento em que é reconhecida ou oficializada esta condição, o comunicador deve deixar a empresa". Entretanto isso não impediu que Lasier fizesse uso do espaço privilegiado da emissora no Jornal do Almoço e mais tarde durante o Gaúcha Repórter.

O anúncio poderia ter sido feito no sábado, que seria repercutido na imprensa no começo da semana, como fizeram todos os novos filiados que ingressaram em partidos com o intuito de concorrer. Mas porque perder uma exposição extra? Se a própria RBS não dá a mínima para seu código de ética, porque o Lasier levaria em conta?

Com a quantidade de candidatos que a empresa já lançou, e elegeu, nas redes sociais o grupo já começou a ser chamado de PRBS (Partido da RBS).

Um comentário:

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com