terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Após novos alagamentos, moradores do São José interrompem trânsito na Ludovico Cavinato

Foto: Edgar Vaz
Um protesto de moradores do bairro São José trancou, na manhã de ontem (02), o trânsito na rua Ludovico Cavinato, na subida dos Pavilhões da Festa da Uva. A manifestação foi motivada pelos alagamentos registrados, nas ruas do bairro, depois da chuva do último domingo. Os moradores queimaram pneus para impedir o trânsito de veículos. Eles exigiam, para liberar a rua, a presença de um representante da prefeitura no local. Como ninguém apareceu, os moradores acabaram liberando a pista, depois do meio dia, mas existe a possibilidade de novos protestos a qualquer momento.

Os alagamentos no bairro São José já são antigos e, inclusive, já foi até dito que foram solucionados! Em 2008 durante a campanha eleitoral para reeleição o prefeito José Ivo Sartori (PMDB) fez um programa eleitoral onde moradores do bairro afirmavam que os alagamentos haviam parados.

De lá para cá, cada chuva forte a situação se repete. Já se constatou que uma galeria foi parcialmente obstruída por uma outra obra da prefeitura municipal. Em 2011 havia a promessa do poder público em de aumentar as galerias pluviais na região. Essa obra não foi feita e agora ela não é vista como acertada pelo novo secretário de obras.

Para Adiló Didomenico (PTB) a solução para a região seria a construção de uma piscina de contenção que reduziria a vazão da água que desce para o bairro São José. Essa obra demoraria, na melhor das hipóteses 3 a 4 meses.  Porém uma obra semelhante realizada no bairro Pôr do Sol levou o dobro do tempo para ser concluída. Além disso há mais duas piscinas de contenção em projeto, uma no Fátima Baixo e outra na Visconde de Pelotas, ambas aguardam, desde 2013, o início das obras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com