segunda-feira, 4 de maio de 2015

Feira do Livro fica na praça Dante, pelo menos nesse ano

Venceu a tradição e a pressão.

A proposta do prefeito Alceu Barbosa Velho (PDT) de transferir a Feira do Livro para a Estação Férrea foi abortada em uma reunião entre livreiros e prefeitura municipal. O principal argumento pró-praça foi de que o espaço concentra maior fluxo de pessoas, que, mesmo não sendo um público tradicional de livrarias, durante a feira acaba parando e tendo contato com os livros.

Essa era a reivindicação dos livreiros. No começo do ano, sem discutir com ninguém o prefeito chegou a afirmar que não haveria nenhuma possibilidade da Feira acontecer na praça. "Está certo (que vai mudar), não tem mais volta. Disse para a secretária meter bala" (veja aqui).

A pressão dos livreiros, patronos, lideranças culturais contou até com um evento virtual organizado pelo Facebook. Até o ultimo domingo (3) o evento recebeu 2.300 confirmações. Segundo os organizadores esse foi um dos argumentos usados por quem defendia a permanência  do evento no Centro.

Apesar do evento continuar esse ano na praça não há nada que garanta que ele continuará no mesmo local ano que vem. Uma das obras que estão sendo realizadas no entorno da Estação Férrea foi nomeada, exatamente, de Praça das Feiras. Imaginem então como será a discussão do ano que vem para justificar os custos da obra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com