terça-feira, 26 de abril de 2011

[atualizado] Atenção árvores: não soltem folhas na frente do Palavro, senão...

Levou quase uma semana mas finalmente se descobriu quem foi o autor da "poda" das palmeiras imperiais que ficam na Júlio de Castilhos em Lourdes. Fiquei pasmo quando li no jornal, mas a atrocidade foi cometida pelo Gelson Palavro!!!, primeiro casal! presidente da Festa da Uva. Pior do que saber disso foi ler a "justificativa" do cidadão.

- "as folhas caem, quebram telhas e entopem calhas"

Ou seja as árvores cometeram o crime de soltarem folhas. O pior de tudo é que segundo uma moradora das proximidadesJacira Mattana, "Eles cortaram (as copas) com guindaste, faz duas semanas. O homem estava em uma cesta daquelas, até interromperam a rua", afirmou.

Inicialmente o Secretário de Meio Ambiente, Adelino Teles, negou qualquer corte, hoje ele diz que ira multar Palavro, que alega ter feito isso pela terceira vez (ele vai levar três multas?). Mas o que impressiona no relato da moradora é que foi utilizado um guindaste e o trânsito foi interrompido. Teria Gelson Palavro, que é CC da prefeitura, requisitado aparato público para executar essa "poda"?

Na Câmara de Vereadores já começou a operação abafa para tentar esconder mais esse escândalo da gestão Sartori. O chefe de gabinete do prefeito, Edson Nespolo, diz que foi um erro individual e não compromete seu trabalho frente a Festa da Uva. Talvez não comprometa se seu trabalho for promover desmatamento quando bem entender. Alias esse governo já fez isso quando derrubou dezenas de árvores para construir uma cancha de rodeios nos pavilhões.

Atualização:

Hoje, 26 de abril, A Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semma) multou o empresário Gelson Palavro em R$ 5.390,00 pela poda das três palmeiras imperiais. Palavro tem 20 dias para se defender (não sei de que já que ele confesou), a contar da data em que ele receber uma correspondência sobre a multa (e se o correio extraviar?). Se as palmeiras não se recuperarem a multa aumenta para R$ 11.600,00 e mais 15 árvores da mesma espécie.

Apesar de ter confesado ter feito 3 podas só levou uma multa! Perto do prejuízo que ele dizia ter com as perigosas folhas (cerca de R$ 10.000,00) a brincadeira custou caro. Será que essa multa será mesmo paga?

Responda na nossa enquete.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com