Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2013

Greve do dia 1º de Julho é reação do conservadorismo

Imagem
A chamada "Greve Geral" convocada por para a próxima segunda feira é claramente um evento fomentado pelas forças conservadoras brasileiras. No evento original  era convocado por Felipe Chamone, que é membro do PSPC (Partido da Segurança Pública e Cidadania), que é um partido que ainda busca registro no TSE. O evento chegou a ter quase 1 milhão de confirmados antes de ser retirado do Facebook, aí aconteceu algo estranho...

Chamone disse que não sabe por que a página saiu do ar e que não pretende se mobilizar novamente para convocar mais pessoas para o protesto. "Quem concordava com a causa criou seus próprios eventos, mas não tenho mais nada a ver com essas páginas que surgiram."

O músico se tornou uma figura polêmica após usuários do Facebook (alguns que haviam confirmado presença na "greve geral") notarem que ele aparecia com uma arma na foto do perfil no site. Após ser criticado, o músico trocou a imagem por uma bandeira do Brasil. Diversos posts de …

Pobres empresários

Imagem
O Grupo Voges, de Caxias, ingressou nesta quinta-feira (27/06), com um pedido de recuperação judicial. A tentativa é de salvar o grupo da falência, evitar execuções judiciais e blá blá blá.

Enfim. Registramos aqui o cômico título da reportagem do Pioneiro sobre
o assunto:

"VOGES PEDE AJUDA PARA AJUDAR 1,6 MIL EMPREGOS"

Puxa... como os empresários estão preocupados com os trabalhadores que vão perder seus empregos. Tocou o coração!

Aliás, nas manifestações está faltando um ponto importantíssimo: a revolta contra a elite econômica que reforça o sistema desigual que vivemos hoje. Cadê a luta contra os lucros exorbitantes, a exploração dos trabalhadores, a livre iniciativa que esmaga os pequenos empreendedores?


Ato em Porto Alegre mostra forte divisão entre manifestantes

Imagem
Leitor do Polenta News publicou um relato sobre a manifestação ocorrida em Porto Alegre na noite de quinta feira, 27. Transcrevemos aqui o relato, que era em quatro partes, pois mostra uma mudança significativa no centro dos organizadores do movimento na capital.
Parte 1 – A praça
Deixo aqui minha versão sobre os acontecimentos. Versão de alguém que estava presente. Esse ato, diferente dos outros 5, não começou em frente a prefeitura de Porto Alegre. A concentração era a Praça da Matriz, a nossa "praça dos três poderes".

Diferente das outras, também, foi o fato de que não havia nenhuma marcha marcada. A proposta dessa vez era fazer um ato show. O clima era de bastante tranquillidade, bem diferente do que foram alguns dos atos anteriores que tinham uma turba enfurecida, mascarada, com um discurso reacionário de direita. A foto mostra a galera que estava junto ao caminhão de som.

Nesse grupo se juntavam uma grande parte do movimento popular organizado, ou não, com seus car…

Tarso Genro anuncia criação de passe livre estudantil no RS

Imagem
Com informações de Marco Aurélio Weissheimer/Agência Carta Maior

O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, anunciou nesta quinta-feira (27) a criação do Passe Livre para estudantes que utilizam o transporte metropolitano no Estado. Serão beneficiados os estudantes da Região Metropolitana de Porto Alegre e dos principais aglomerados urbanos do Estado, que utilizam o transporte intermunicipal nestas regiões. Estão incluídas a aglomeração urbana do Litoral Norte, a aglomeração urbana Sul (eixo Pelotas/Rio Grande) e a aglomeração urbana Nordeste (eixo Caxias/Bento Gonçalves). Conforme nota divulgada pela assessoria de imprensa do Palácio Piratini, os estudantes beneficiados serão aqueles que residem em um município dessas regiões e estudam em outro, como na UCS, FSG, etc.

O anúncio foi feito durante a audiência pública “Governo Escuta”, promovida pelo Gabinete Digital, na Sala de Gestão do Palácio Piratini. O governador anunciou ainda que vai abrir completamente à população as …

Segundo protesto em Caxias será sexta-feira com pautas mais definidas

Imagem
Depois de realizar um ato, com inúmeras pautas, os organizadores do ato que acontece em Caxias nessa sexta feira conseguiram focar um pouco mais as suas propostas. Apesar de não ser proibido apresentar a sua pauta individual, o movimento está apresentando 6 temas para o debate:

#Passagem R$2,50 e Transporte Público/Mobilidade Urbana de Qualidade

#Democracia SIM, ditadura NUNCA mais

#Fora Feliciano: Não ao Estatuto do Nascituro e à Cura Gay

#NÃO à corrupção, e SIM à reforma política

#Democracia na Mídia: fora, PIG!

#Educação Pública e de Qualidade: 10% PIB JÁ

Apesar desse esforço o movimento vem enfrentando uma diminuição de tamanho. Fora a iniciativa dessa terça feira, na Câmara de Vereadores, os outros protestos, tiveram uma presença ínfima de pessoas.

Além disso o movimento sofre com uma divisão. Um grupo tenta focar nas ruas centrais da cidade e aponta uma pauta mais concisa e progressista. Um outro grupo, tem a intenção de fechar a BR116 (que na segunda feira reuniu cerca de 100 …

Centrais sindicais e MST marcam ato unitário para 11 de julho em todo o país

Imagem
O movimento sindical também está tentando colocar a sua pauta junto aos protestos que estão acontecendo por todo o país. Além disso buscam dar uma resposta ao chamamento, via redes sociais, de uma greve geral para o dia 1º de julho que originalmente era convocado por Felipe Chamone, que é membro do PSPC (Partido da Segurança Pública e Cidadania), que é um partido que ainda busca registro no TSE.

Em reunião realizada nessa terça-feira (25), as centrais sindicais e o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) marcaram para 11 de julho o Dia Nacional de Lutas, com o lema “Pelas liberdades democráticas e pelos direitos dos trabalhadores”. As paralisações, greves e manifestações terão como objetivo destravar a pauta da classe trabalhadora no Congresso Nacional e nos gabinetes dos ministérios, além de construir e impulsionar a pauta que veio das ruas nas manifestações realizadas em todo o país nos últimos dias.

Vão participar da mobilização nacional a Central Única dos Trabalhadores…

Câmara aprova destinação dos royalties do petróleo para educação e saúde

Imagem
Os deputados federais aprovaram na madrugada desta quarta-feira (26) o projeto de lei que destina à educação básica pública recursos obtidos por União, estados e municípios com os royalties do petróleo e do gás natural e também com as participações especiais na extração petrolífera. O texto do projeto segue agora para apreciação do Senado.

Um acordo construído entre a base aliada e a oposição alterou a proposta original do governo, que previa o repasse integral (100%) desses recursos para a área educacional. Essa era uma das propostas que fazia parte do pacto proposto pela presidenta após uma semana de protestos pelo país (veja aqui).

A proposta alternativa foi feita pelo relator da projeto, deputado André Figueiredo (PDT-CE), obriga as três esferas públicas a aplicarem 75% dos royalties na educação e 25% na saúde.

Outra fonte de recursos para a educação prevista no projeto é o Fundo Social do pré-sal, criado pela lei que regulamentou a exploração do petróleo nessa camada geológica.

Bandeira de partido não pode e bandeira PAGA por partido?

Imagem
O vereador Guila Sebben (PP) postou uma foto todo faceiro no facebook (abaixo)

Ele escreveu que estava muito feliz por ter distribuído 2.000 BANDEIRAS DO BRASIL durante o protesto da última quinta feira.

Fazemos as perguntas:

Como manifestantes organizados pela rede, sem recursos, consegue confeccionar 2000 bandeiras de plástico? Quem pagou por elas?

Foi dinheiro do vereador? Do PP?

O povo merece respostas.

2ª Vara Criminal de Caxias está abarrotada

Imagem
Para os profissionais do Direito, que atuam na área criminal essa informação não é nenhuma novidade. Os processos que “caem” na 2ª Vara Criminal demoram mais que a demora normal dos processos judiciais.

Caxias do Sul conta hoje com apenas quatro varas criminais e uma vara do juizado especial criminal, que dá conta dos crimes de menor potencial ofensivo. Porém, a 2ª Vara, além de concorrer na distribuição de todos os processos penais comuns (exceto os de competência do júri), ainda tem direcionados os processos de violência doméstica.

São milhares de processos que se arrastam, poucos servidores que não dão conta do trabalho e apenas um juiz que não consegue despachar e sentenciar na mesma velocidade e proporção da distribuição dos processos.

Infelizmente, a Lei Maria da Penha perde boa parte de sua efetividade quando os processos não têm o seguimento que deveriam ter e acabam deixando impunes milhares de agressores.

Gradualmente os processos vão sendo extintos, porque a demora é t…

Dilma ouviu a voz das ruas

Imagem

A "tônica" dos atos é a violência

Imagem
Já fizemos algumas análises sobre as mobilizações que correm o país. Enquanto o tempo passa, mais se percebe que há uma mistura muito grande de interesses, ideologias, insatisfações e bandeiras que movem os manifestantes.

Truculência em relação a partidos, a políticos e corrupção, mas quase nada de reivindicações por uma reforma política. Gritos que bradam por saúde e educação, mas nenhum pobre coitado está lá para representar aqueles que realmente não têm acesso a esses direitos primários. Para além das críticas aos governos, falta a reivindicação por mudanças estruturais que esmagam a cidadania.

O ato em Caxias, assim como todos os outros, foi significativo e estava repleto de boas intenções da maioria que participou. Foi válido e pode ser o prelúdio para as próximas lutas que poderemos travar "por um mundo melhor".

Porém, era nítido que, ao final, com a mudança de rumos que o ato tomou, indo para a frente da Prefeitura da cidade, algo "teria que acontecer". A ma…

Dilma: Estou ouvindo vocês e não vou transigir com violência

Imagem
Fonte: Brasil 247

"Estamos acompanhando com muita tensão as manifestações que ocorrem pelo país", começou a presidente Dilma Rousseff, ao se dirigir à Nação em cadeia nacional de rádio e televisão, na noite desta sexta-feira. "Se aproveitarmos bem o impulso dessa nova energia política, poderemos fazer melhor e mais rápido muita coisa que o Brasil ainda não coseguiu realizar por causa de limitação política ou econômia", seguiu, destacando que "não podemos conviver com essa violência que envergonha o Brasil" (leia a íntegra do pronunciamento).

"Corremos o risco de colocar muita coisa a perder", disse a presidente, que prometeu conversar nos próximos dias com os chefes dos outros poderes e com governadores e prefeitos para elaborar o Plano Nacional de Mobilidade Urbana, "que privilegia o transporte coletivo". Dilma reforçou ainda sua promessa de reservar 100% dos recurso dos royalties do pré-sal para a educação. Ela também se comprometeu …

Durante entrevista a blogueiros, integrantes do MPL celebram a vitória, falam em infiltrados e expõem próximos passos

Imagem
por Luiz Carlos Azenha

Fomos convidados para um encontro com integrantes e apoiadores do Movimento Passe Livre (MPL), que nas últimas duas semanas protagonizaram um episódio histórico: levaram o povo de volta às ruas para reivindicar. Desde crianças a pessoas da terceira idade. Foram vítimas de repressão só comparável àquela empregada pela Polícia Militar paulista na desocupação do Pinheirinho, em São José dos Campos.

No meio da conversa, a notícia: o governador Alckmin e o prefeito Haddad anunciaram a redução das tarifas conforme o reivindicado pelo movimento.

Houve celebração. Dentre os convidados, os blogueiros Rodrigo Vianna, Altamiro Borges, Leonardo Sakamoto e este que lhes escreve, o empresário de mídia Joaquim Palhares, o ativista Sergio Amadeu e a jornalista Maria Inês Nassif.

O objetivo era, basicamente, dizer que “sim, somos de esquerda e temos uma pauta de esquerda”. Ou: “Não, não seremos manipulados pela pauta da direita”.

O professor de História Lucas Oliveira, o Legume, fal…

Conheça um pouco da história sobre a máscara que tomou conta das ruas

Imagem
Pouca gente sabe mas ao comprar uma das máscaras do V de Vingança, que estão custando em torno de R$ 25,00 em Caxias do Sul, uma parte do valor vai para a Warner Bros que é detentora dos direitos autorais. A máscara aparece no filme "V de Vingança" que é inspirada na graphic novel com roteiro de Alan Moore e arte de David Lloyd, que tem forte influência na "Conspiração da Pólvora".

Essa conspiração teve como líder Guy Fawkes, um católico fervoroso que queria derrubar o rei inglês James I, que era protestante. Ele planejou fazer isso explodindo o Parlamento no dia que o rei estivesse lá. Ele foi preso cuidando de 36 barris de pólvora (para quem acha que quebrar um vidro é vandalismo, vai se horrorizar). Ele foi preso, torturado por uma semana, até entregar 8 conspiradores. Todos foram mortos por esquartejamento.

Até hoje, 407 anos depois da sua morte, quando o Rei, ou a Rainha, vai até o parlamento, os porões são inspecionados. Na Inglaterra existe a tradição de ce…

#Caxiasacordou. Ainda bem

Imagem
Nessa sexta feira Caxias do Sul terá um ato. Não há nada que demonstre que ele não será gigantesco. Talvez só um temporal de proporções bíblicas possa tirar a grandeza do ato. De qualquer jeito Caxias Acordou, como diz a chamada do evento, que iniciou pelo Facebook e está se espalhando pelas ruas da cidade.

A equipe do Polenta News não poderia estar mais feliz. Há mais de 2 anos estamos chacoalhando Caxias, fazendo um trabalho "miudinho" de cutucar quem está no poder. Nós estaremos presentes nos atos. Estaremos anônimos, de verdade, pois só isso nos garantiu existirmos até agora e o blog não ter sido retirado do ar.

Entre o extenso rol de reivindicações que estão sendo levadas às ruas não queremos que a população esqueça as inúmeras bandalheiras que denunciamos nesse tempo todo:

● Os mais de 1000 dias de movimento grevista dos médicos de Caxias do Sul, deixando a população sem atendimento;

● O corte de mais de 160 árvores para fazer a Cancha de Rodeios na Festa da Uva;

● A…

A mídia e os protestos

Imagem
Ficou nítida a mudança de posicionamento que a mídia teve de tomar em menos de uma semana depois da onda de protestos que se alastrou pelo Brasil.

No início, logicamente, o primeiro posicionamento da mídia foi criminalizar os movimentos que estavam ocorrendo. O foco ficou apenas nos atos de vandalismos que não deveriam estar acontecendo, que alguns centavos não justificavam as mobilizações e que "coitados dos policiais que recebem pouco".

Porém, a inquietação que brotou em grande parte dos brasileiros acabou legitimando as mobilizações. E, após ficar evidente que a população brasileira simpatizou com os protestos, o PIG teve de mudar de posicionamento. Foi o que fez a sumidade dos pitaqueiros, Arnaldo Jabor, que primeiro classificou os protestantes como jovens "socialistas dos anos 50", "revoltosos de classe média não valem nem 20 centavos": ignorância política para Jabor e depois veio com um Amigos eu errei.

Agora a TV e os jornais apresentam os protestos …

Tarso Genro dialoga com manifestantes da capital e do país

Imagem
O governador Tarso Genro (PT) anunciou a abertura de um canal de diálogo com os manifestantes, e com a população em geral obviamente, com o objetivo de "tentar compreender as mobilizações a nivel nacional e ouvir o que sociedade tem a dizer", afirma o governador em nota.

O Governo Escuta, sob o tema “O que dizem as ruas?”, acontece nesta quinta-feira, 20 de junho, a partir das 15h, o Gabinete Digital transmite ao vivo uma mesa redonda com o governador Tarso Genro, ativistas digitais e manifestantes.

Para além da reunião presencial, ativistas de São Paulo e outras regiões do país devem se conectar ao debate por vídeo-conferência. Ainda pelo site do Gabinete Digital, será possível opinar e enviar questionamentos ao governador e demais participantes. As respostas serão dadas ao vivo. Ao lado de Tarso Genro, também estarão presentes os secretários Vinícius Wu, da Secretaria-Geral de Governo, e Marcelo Danéris, do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social do Rio Grande do Su…

Passagem de ônibus reduz para R$ 2,75 a partir de hoje

Imagem
Desde a manhã de hoje o valor da passagem de ônibus passou a ser de R$ 2,75, uma redução de R$ 0,10 do valor que estava sendo cobrado. O valor de R$ 2,85 foi fixado, no final do ano passado, pelo ex-prefeito José Ivo Sartori (PMDB). Porém, desde 1º de janeiro desse ano, já estava valendo uma desoneração de impostos e a passagem de ônibus já deveria estar em R$ 2,80.

Ontem o Conselho Municipal de Trânsito e Transporte, que aprovou a passagem em R$ 2,90 no final do ano passado, homologou o valor de R$ 2,75.

O valor da passagem ficou mais caro do que devia por mais de seis meses. Nesse tempo ficou "sobrando" no caixa da VISATE a quantia de

R$ 858.636,19

O Polenta News defendia R$ 2,70 pois esse ser o valor que compensaria esse valor arrecadado a mais.

Mais uma vez, porém, não há transparência na definição desse valor. A planilha é apresentada apenas para um pequeno grupo de pessoas que tem poucos minutos para tomar alguma decisão. Como os atos que estão sendo chamados para Ca…

Quem não se movimenta não sente as correntes que o prendem

Imagem
A frase de Rosa Luxemburgo encaixa-se no momento de manifestações que o Brasil passa hoje. Os atos públicos que se espalham pelo Brasil, e que inicialmente protestavam contra o aumento das passagens de ônibus, agora têm como pauta todas as insatisfações represadas ao longo de muitos anos.

Corrupção, gastos em demasia com a Copa, o caos da saúde.... tudo é motivo suficiente para protestar. Há muito tempo não se viam mobilizações populares tão espontâneas e com tamanha força.

Os descontentamentos que movem os manifestantes já estão aí há muito tempo e decorrem da má condução dos governos no atendimento das mais essenciais necessidades humanas. Aliás, não podemos esquecer também que o sistema capitalista é a engrenagem que move o desrespeito aos direitos humanos e que se alimenta da miséria e das diferenças de classes sociais.

Os protestos que rodam a "pátria amada" têm muito a contribuir para um povo que muitas vezes parece inerte frente a tantas injustiças. Nossas autoridades, …

2ª Vara Criminal de Caxias está abarrotada

Imagem
Para os profissionais do Direito, que atuam na área criminal essa informação não é nenhuma novidade. Os processos que “caem” na 2ª Vara Criminal demoram mais que a demora normal dos processos judiciais.

Caxias do Sul conta hoje com apenas quatro varas criminais e uma vara do juizado especial criminal, que dá conta dos crimes de menor potencial ofensivo. Porém, a 2ª Vara, além de concorrer na distribuição de todos os processos penais comuns (exceto os de competência do júri), ainda tem direcionados os processos de violência doméstica.

São milhares de processos que se arrastam, poucos servidores que não dão conta do trabalho e apenas um juiz que não consegue despachar e sentenciar na mesma velocidade e proporção da distribuição dos processos.

Infelizmente, a Lei Maria da Penha perde boa parte de sua efetividade quando os processos não têm o seguimento que deveriam ter e acabam deixando impunes milhares de agressores.

Gradualmente os processos vão sendo extintos, porque a demora é…

Para evitar ser alvo de protestos Alceu decide baixar o valor da passagem de ônibus

Imagem
Uma pressão silenciosa fez o discurso da administração Alceu Barbosa Velho mudar nesses últimos três meses. Pelo menos no que diz respeito a redução da tarifa de ônibus. Se nenhum sobressalto acontecer, na quarta feira, os caxienses estarão pagando R$ 2,75 pela passagem do transporte público municipal. A decisão, alardeada como fruto de negociação pela grande imprensa, na verdade foi um misto de pressão silenciosa e de medo de virar alvo dos protestos que estão se espalhando pelo Brasil.

A verdade é que a tarifa já deveria ter baixado! Desde 1º de janeiro vale uma desoneração de impostos sobre a folha de pagamento. As empresas que pagavam 20% de INSS sobre a folha passaram a pagar 2% sobre o faturamento. Segundo cálculos realizados pelo Polenta News o valor já deveria ser de R$ 2,80, com arredondamento, (veja aqui). A não redução do valor da passagem já representou uma arrecadação extra, para a Visate de mais de R$ 840 mil (veja VISATÔMETRO) no nosso blog.

O discurso da prefeitura e…

Violência leva PM de volta aos tempos de Erasmão

Imagem
Fonte: Brasil 247

A violenta repressão da Polícia Militar do Estado de São Paulo na região central da capital, na noite da quinta-feira 13, só encontra paralelo, como episódio histórico, na invasão da Pontifícia Universidade Católica, em 1977, pelas tropas do então secretário de Segurança Erasmo Dias da Silva, o Erasmão. Sob o comando dele, nada menos que 1,1 mil estudantes foram presos, impedidos assim, naquela ocasião, de refundar a União Nacional dos Estudantes.

Agora, houve 200 prisões, mas a violência foi muito maior. Disparando tiros de borracha na direção do rosto das pessoas – a repórter Giuliana Vallone, da Folha de S. Paulo, teve o olho atingido de forma proposital e, portanto, criminosa, enquanto desempenhava suas funções devidamente credenciada --, prendendo transeuntes que nada tinha a ver com o protesto, distribuindo cacetadas e soltando bombas de gás lacrimogênio, a Polícia Militar, mostram os resultados, foi desmedida na ação de acompanhamento e monitoramento ao prote…

Iniciando no meio da tarde sessões da Câmara de Vereadores se afastam da população

Imagem
A “Casa do Povo” ficará um pouco mais vazia a partir da decisão de adiantar, para às 15h45min, o início das sessões. Se atualmente, iniciando às 17h, já era difícil a participação do cidadão comum, imagina antecipando o horário?

A proposta foi de autoria do vereador Zoraido Silva (PTB), que contou com apoio de outros 14 vereadores e foi aprovada com 13 votos favoráveis e 7 contrários na sessão de ontem, 12, da Câmara de Vereadores.

Debates acalorados precederam a aprovação da proposta. Pelo lado dos defensores da proposta ponderaram que outras casas legislativas tem suas sessões no começo, ou meio da tarde. Zoraido ainda apresentou uma justificativa que é quase risível, a de que com esse horário os estudantes poderiam participar das sessões. Já podemos imaginar, pela visão de Zoraido, que levas e levas de estudantes, junto com seus professores, virão para acompanhar os extensos e (infelizmente) por muitas vezes pouco produtivos debates da Casa legislativa.

A proposta, na verdade, reti…