quinta-feira, 27 de junho de 2013

Segundo protesto em Caxias será sexta-feira com pautas mais definidas


Depois de realizar um ato, com inúmeras pautas, os organizadores do ato que acontece em Caxias nessa sexta feira conseguiram focar um pouco mais as suas propostas. Apesar de não ser proibido apresentar a sua pauta individual, o movimento está apresentando 6 temas para o debate:

#Passagem R$2,50 e Transporte Público/Mobilidade Urbana de Qualidade

#Democracia SIM, ditadura NUNCA mais

#Fora Feliciano: Não ao Estatuto do Nascituro e à Cura Gay

#NÃO à corrupção, e SIM à reforma política

#Democracia na Mídia: fora, PIG!

#Educação Pública e de Qualidade: 10% PIB JÁ

Apesar desse esforço o movimento vem enfrentando uma diminuição de tamanho. Fora a iniciativa dessa terça feira, na Câmara de Vereadores, os outros protestos, tiveram uma presença ínfima de pessoas.

Além disso o movimento sofre com uma divisão. Um grupo tenta focar nas ruas centrais da cidade e aponta uma pauta mais concisa e progressista. Um outro grupo, tem a intenção de fechar a BR116 (que na segunda feira reuniu cerca de 100 pessoas) e traz a pauta importada do "Anonymus" e da mídia e é muito mais conservadora.

Os dois eventos possuiu um número pequeno de confirmados e tendem, infelizmente, ao esvaziamento. A única iniciativa que tem dado certo é a participação no plenário da Câmara de Vereadores. Essa iniciativa, contudo, tem limites já que as sessões acabam sendo prejudicadas e uma Câmara de Vereadores, que já produz pouco, produz menos ainda.

É hora do movimento pensar em propor iniciativas que ouçam a população. O Câmara nos Bairros, por exemplo, é muito institucional e extremamente focado nos presidentes de bairro, que, convenhamos, não representam muita gente na sua comunidade. Seria importante a construção de uma proposta onde cada vereador seja acompanhado por um grupo de pessoas e que se possa mapear como está sendo a sua atuação no legislativo. Alguém topa?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com