Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2016

Valor confirma fracasso do golpe: Temer aprofundou a recessão

Imagem
Uma reportagem do jornal Valor Econômico desta segunda-feira confirma: Michel Temer e Henrique Meirelles, há 200 dias no poder, aprofundaram a recessão brasileira.

Um levantamento junto a instituições financeiras aponta que o PIB brasileiro cairá 0,9% no terceiro trimestre deste ano – o que confirma que o golpe parlamentar de 2016, além de ferir a democracia e colocar no coração do poder personagens como Geddel Vieira Lima, foi um fracasso também em termos econômicos.

Nesta segunda-feira, as instituições financeiras revisaram para baixo o PIB de 2016, que deverá cair 3,5%, depois de um tombo de 5% em 2015. Além disso, a Fundação Getúlio Vargas divulgou que a confiança do consumidor voltou a cair.

E o Brasil vai na contramão da economia mundial. A Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico, OCDE, revisou suas previsões para cima e estimou que o crescimento global será de 2,9% este ano, 3,3% em 2017 e poderá chegar a 3,6% em 2018. Para o Brasil a estimativa é de recuo de 3…

Hospitais do interior do Estado paralisam em protesto contra atrasos do governo Sartori

Imagem
Por Fernanda Canofre/Sul 21

Três hospitais do interior do Rio Grande do Sul – Santana do Livramento, Uruguaiana e Vera Cruz – começaram paralisação em protesto aos atrasos e parcelamentos do governo de José Ivo Sartori (PMDB), nesta segunda-feira (28). A previsão é de que até o fim do dia mais cinco instituições – dos municípios de Cruz Alta, Palmeiras da Missões, Soledade, Lagoa Vermelha e Caiçara – se juntem à mobilização.

A paralisação é resultado dos atrasos de pagamentos e parcelamentos de salários que se tornaram frequentes desde o ano passado. Segundo o presidente da Federação dos Trabalhadores em Saúde do RS (FEESSERS), Milton Kempfer, o salário de outubro, que deveria ter sido pago durante o mês de novembro, ainda está atrasado. Os trabalhadores têm medo que os atrasos sejam ainda maiores para os salários de novembro, dezembro e para o 13º, como já ocorreu com gestões anteriores.

“A Estado tinha que ter depositado na semana passada e não depositou. Ele teria que pagar o dinhe…

Desembargadores absolvem dois condenados por Moro na Lava Jato

Imagem
A Lava Jato começa a mostrar sinal de que está fazendo água. Começam a ser reformadas, em segundo instância, as decisões do todo poderoso juiz Sergio Moro. Na verdade está dando a lógica que a maioria dos juristas sérios já apontavam: os processos de "Curitiba" são frágeis e não se baseiam em provas concretas.

Agora quem passa a dizer isso é a 8ª turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região. Ela absolveu dois executivos da OAS condenados pelo juiz Sergio Moro.

O ex-diretor financeiro Mateus Coutinho de Sá havia sido condenado a 11 anos de prisão pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e de pertencer a organização criminosa.

Outro absolvido é o engenheiro civil Fernando Augusto Stremel Andrade que foi sentenciado a quatro anos de reclusão por lavagem de dinheiro, mas teve a pena reduzida por prestação de serviços comunitárias e multa de 50 salários mínimos.

Em  seu voto o relator, desembargador João Pedro Gebran Neto, considerou que não havia provas de que os dois …

Pedem golpe militar, agridem jornalistas, matam o próprio filho

Imagem
Por Leonardo Sakamoto

1) Um grupo de 50 manifestantes ocupou a mesa diretora da Câmara dos Deputados e exigiu um golpe militar, anunciando – de forma sebastianista – a chegada de um ''general'' redentor. Defendiam o fechamento do Congresso Nacional que, segundo alguns deles, estaria tentando implantar o comunismo no país.

2) Jornalistas apanharam de manifestantes em um protesto contra o pacote de corte de gastos do governo do Rio de Janeiro – que, se aprovado, reduzirá direitos de servidores públicos. Entre os que protestavam, uma grande quantidade de policiais e agentes penitenciários. Caco Barcellos, um dos maiores repórteres deste país, foi agredido fisicamente e hostilizado por uma turba ensandecida de manifestantes sob gritos de ''golpista''. Repórteres do UOL, do G1 e de O Globo também foram agredidos.

3) Após Gilmar Mendes pedir vistas e interromper um julgamento sobre uma ação que trata de direitos de trabalhadores (estava no lado que já havia s…

Quem montou o “putsh” fascista na Câmara?

Imagem
Por Fernando Britto/Tijolaço

Aquelas 60 ou 80 pessoas que invadiram a Câmara, hoje, vindas de vários Estados, encontraram-se ali por acaso?

Foi coincidência?

Como entraram na Câmara, como combinaram a invasão do plenário?

É evidente que isso foi organizado e teve apoio interno.

Mesmo sendo uma mixórdia o nosso parlamento, se não de defende de quem lhe faz isso, melhor fechar.

É evidente que, pela natureza do protesto, todos tendem a liga-lo a Jair Bolsonaro.

A nossa valente imprensa foi incapaz de investigar este filão.

Como não vi ninguém ir atrás de Sérgio Moro, que teve seu nome gritado pelos invasores, para ouvi-lo desculpar-se, se é que o vai, ter contribuído para este fanatismo, que ele cansou de chamar de “apoio da opinião pública”.

Como não é capaz de investigar este vilão, que se mandou para Roraima no dia do “bolsomitismo”.

Permite que ele faça apologia aberta do autoritarismo, da tortura, do preconceito e da discriminação.

Horda golpistas invade plenário da Câmara dos Deputados

Imagem
O 1º vice-presidente da Câmara, deputado Waldir Maranhão (PP-MA), suspendeu os trabalhos e pediu à polícia legislativa que ajude na remoção dos manifestantes.

Aos gritos de "viva Sergio Moro" e "Ih!, queremos general aqui!", cerca de 50 a 60 pessoas tomaram o entorno da mesa de onde os membros da Mesa Diretora comandam os trabalhos.

Eles não portam faixas ou qualquer forma que possa indicar com precisão se há vinculação com algum grupo organizado. Alguns deles, na área dos lugares dos parlamentares, entram em conflito com os policiais legislativos.
O Plenário da Câmara dos Deputados foi invadido por manifestantes de extrema direita no momento em que os deputados discursavam à espera de quórum para o início da Ordem do Dia da sessão extraordinária.

A ocupação foi possível quando o grupo conseguiu quebrar a porta de vidro que dá acesso ao plenário. "Eles estão todos loucos. E tem gente armada aí dentro", afirmou o deputado Beto Mansur (PRB/SP) em relação ao g…

Estudante que pagou para fraudar o Enem pediu "Fora, Dilma"

Imagem
Por Brasil 247


Suspeita pela Polícia Federal de contratar uma quadrilha especializada em fraudes no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) 2016 e em outros concursos realizados no País, a estudante Sofia Azevedo Macedo, moradora do Vale do Jequitinhonha, se manifestou contra a corrupção no Brasil, pedindo "Fora, Dilma"; com ponto eletrônico, ela respondia com tosses às perguntas do membro da quadrilha que tentava fraudar o Enem.

A estudante Sofia Azevedo Macedo, filha de um comerciante de Carbonita (Vale do Jequitinhonha), é suspeita de contratar uma quadrilha especializada em fraudes no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) 2016 e em outros concursos realizados no País. Um integrante da quadrilha, identificado como Jonathan Galdino dos Santos, foi registrado pela Polícia Federal (PF) testando o sistema com a candidata carbonitense. Ela estaria fazendo a prova em Capelinha (MG).

Segundo a PF, Sofia afixou uma espécie de cartão com chip na altura do peito. O equipamento recebia …

Com Gilmar Mendes na presidência, TSE arma manobra para salvar Temer da cassação

Imagem
O avanço na tramitação das ações que pedem a cassação da chapa Dilma-Temer, vitoriosa na eleição presidencial de 2014, fez crescer um movimento de bastidores no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para criar uma manobra que evite a queda do presidente Michel Temer em caso de uma eventual condenação. A ideia é separar as contas de Dilma e Temer na campanha, diz reportagem do Valor.

Como não há precedentes para esse tipo de ação, a proposta encontra resistência de alguns ministros, desconfortáveis com a situação. Como a Corte só tem sete membros titulares, bastam quatro votos para garantir o sucesso da manobra. Gilmar Mendes e Luiz Fux já se mostraram abertos a esse apelo da separação.

"Para Gilmar Mendes, um pedido de cassação do governador de Roraima, negado em 2009, seria um caso que se aproxima do cenário atual. José de Anchieta Júnior assumiu o mandato em Roraima em 2007, quando morreu o então governador Ottomar Pinto. A campanha respondia a processo por abuso de poder econômico…