Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2012

O assedio moral que se alastra pela prefeitura

Imagem
Não é de hoje que as denúncias de assédio moral do Governo Sartori viram públicas. Às vezes vem travestidas de outros nomes . Outras vezes, os acontecimentos que atingem os trabalhadores, principalmente por parte das chefias sequer são identificados como assedio moral.

Na Secretaria de Trânsito, as denúncias de assedio moral e de militarização do setor são recorrentes. Servidores são perseguidos, principalmente os fiscais de trânsito. As decisões são tomadas de cima para baixo, sem diálogo, doa a quem doer.

A foto em destaque é de um servidor municipal fiscal de trânsito. Seu histórico de perseguição vem de muitos anos, ainda quando trabalhava na Brigada Militar. Trabalhando na fiscalização, não imaginaria que novamente seu algoz retornaria. Carlos Roberto Noll, Diretor de Trânsito da Secretaria, comete assedio contra os servidores, segundo o fiscal amordaçado.

O cartaz, com os dizeres "vozes sem eco", ilustram uma das conversas que o diretor teve com os fiscais, em que dis…

Liminar que determinava saída dos Guarani Kaiowá em MS é suspensa

Imagem
Com informações da Empresa Brasileira de Comunicação
Segundo informou por meio do Twitter a ministra da Secretaria Nacional de Direitos Humanos, Maria do Rosário, o governo federal conseguiu suspender nesta terça-feira (30), a liminar que determinava a reintegração de posse da tribo indígena Guarani Kaiowá em Mato Grosso do Sul.

“Acabamos de receber decisão judicial q suspende reintegração de posse do território dos Guarani Kaiowá. Recurso do Gov. Federal foi acatado! (sic)” , comemorou a ministra. Na sequência, ela complementou a informação. “De acordo com essa decisão, os indígenas ficam onde estão! Agora lutaremos p/agilizar o processo de estudos p/ demarcação desse território”.

Na tarde desta segunda, Maria do Rosário, que também preside o Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (CDDPH) recebeu em Brasília uma comissão de representantes da comunidade indígena, junto aos ministros Eduardo Cardoso, da Justiça, e Luís Inácio Lucena Adams, da Advocacia-Geral da União (AGU)…

Transferência do Camelódromo vira imbróglio

Imagem
Não se pode dizer que a Prefeitura está tentando mudar a localização do Camelódrono de última hora. O fato é que essa discussão começou ainda em janeiro desse ano. Essa ressalva tem que ser feita para entendermos o imbróglio que a prefeitura se meteu nesse final de ano.

Primeiro houve conversa entre prefeitura e comerciantes. Porém, ao que parece, a representação dos "lojistas" não é tão legítima como achava que era. Depois de baterem o martelo na nova localização, 55 dos 60 comerciantes que ocupam o camelódromo assinaram um documento contrário a proposta, ou seja, quem participou da negociação representa só 10% dos representados.

Segundo. As negociações foram feitas "na surdina". Se houvesse uma maior divulgação provavelmente o problema teria sido descoberto antes. O governo Sartori agiu sob seu ponto de vista de maneira correta. Como ele não gosta de discutir com o conjunto dos interessados nenhuma questão, o governo municipal empodera "representantes"…

O assassinato da mulher da paz

Imagem
O assassinato de Sílvia Aparecida de Miranda, ex-agente de saúde e integrante do projeto Mulheres da Paz em Passo Fundo comoveu todo o Rio Grande do Sul. É triste ver uma liderança comunitária, militante dos direitos humanos, mãe de cinco filhos, lutadora incondicional pelos direitos da mulher, tombar desta forma. Ao tentar defender a filha da agressão física, foi brutalmente assassinada pelo seu genro na quinta-feira, 25 de outubro.

Justamente uma das mulheres que, com coragem, humildade e muita força lutava pela implementação do Território da Paz em seu município, acaba vitimada pela violência. Sílvia era uma daquelas mulheres que batalhava pela autonomia das mulheres através da formação educacional e profissional, de maiores oportunidades de emprego, da garantia do título de propriedade das habitações populares para a mulher. Lutava pelo protagonismo feminino numa sociedade culturalmente patriarcal, onde a mulher é vista muitas vezes como propriedade ou objeto de alguém. Quesitos …

"Taxa Sartori" é novamente considerada ilegal

Imagem
Ela é chamada de Fundo Municipal de Recursos Hídricos (FMRH), mas poderia muito bem ser a Taxa Sartori pelo empenho sobrehumano que houve para a aprovação dessa cobrança, obrigatória, sobre as contas de água dos caxienses. Aprovada em 15 de dezembro de 2011 com 12 votos favoráveis e apenas 4 contrários (Ana Corso, Denise Pessoa e Rodrigo Beltrão, do PT, e Daniel Guerra (PSDB) o Fundo foi considerado ilegal em abril desse ano (leia aqui). Mesmo assim a prefeitura não parou de cobrar o imposto que já arrecadou perto de R$ 16 milhões. O recurso interposto pelo governo no Tribunal de Justiça do Estado foi novamente negado e o Samae foi obrigado a parar a cobrança para evitar um prejuizo ainda maior.

Na decisão que rejeitou o Recurso Especial da prefeitura o Desembargador Guinther Spode caracterizou a cobrança como ilegal por não estar de acordo com o ordenamento tributário brasileiro: "Criada figura anômala, evidente a inconstitucionalidade por não ter previsão no sistema tributário …

Ação de Alceu contra Corlatti é considerada improcedente

Imagem
Juiz Sergio Augustin considerou improcedente ação movida pela campanha de Alceu Barbosa Velho (PDT) contra Milton Corlatti (DEM). Na representação a coligação do pedetista acusava o então cargo de confiança da Festa da Uva, Odir Ferronato, que é presidente do DEM, de participar de atividade de campanha em horário de expediente, o que é conduta vedada de agente público. 

Durante a campanha esse foi um fato que acabou gerando um sentimento na população de que todos os candidatos a prefeito (menos o Possamai (PSOL)) estavam envolvidos em alguma irregularidade. Na época o que parecia uma estratégia da coordenação de campanha de Alceu acabou respingando no seu maior aliado o prefeito José Ivo Sartori (PMDB). O juiz Sergio Augustin acabou incluíndo o prefeito na denúncia já que ele é responsável pelos seus cargos de confiança. 

Porém na fase final do processo, depois de ouvidas as testemunhas Augustin considerou que Ferronato havia participado de atividade de campanha em seu horário de almoç…

Suicídio coletivo dos Kaiowá: o que é verdade e o que é mito

Imagem
A notícia de um suicídio coletivo de um grupo de indigenas da tribo  Kaiowá no Mato Grosso do Sul inundou a imprensa e as redes sociais nos últimos dias. A situação dessa tribo realmente é alarmante. Eles estão encurralados e ameaçados por fazendeiros e pistoleiros, e a situação não é de hoje. A carta escrita pelos membros da comunidade Pyelito Kue/Mbarakay é um pedido de socorro contra uma ação de despejo que foi determinada pela Justiça Federal de Navirai (MS). A questão é de demarcação de terras que os indigenas alegam ser um território histórico de sua tribo e onde há um conjunto de cemitérios indigenas que abrigam os seus antepassados.

Porém o que se propagou como pólvora pela rede não foi o caso da demarcação de terras e sim o suposto suicídio coletivo. Em nota divulgada pelo Conselho Indigenista Missionário, Cimi, a situação não é bem assim.

O Cimi entende que na carta dos indígenas Kaiowá e Guarani de Pyelito Kue, MS, não há menção alguma sobre suposto suicídio coletivo, tão …

Consulta digital sobre segurança no trânsito atinge 120 mil votos em duas semanas

Imagem
Há duas semanas no ar, a 2ª Edição do Governador Pergunta superou, na noite dessa segunda-feira (22), a marca de 120 mil votos por um trânsito mais seguro. A cifra é a mesma obtida ao longo de um mês na edição anterior da consulta pública digital, quando os gaúchos escolheram os 50 projetos prioritários para melhorar a saúde pública no Estado. Além dos votos, a população enviou ao Gabinete Digital mais de 500 propostas.

A mobilização continua até o dia 9 de novembro, data a partir da qual as dez ideias mais votadas passam a ser consideradas prioritárias pelo Governo do Estado para os próximos dois anos. Até o momento, as propostas em destaque incluem campanhas educativas, investimentos na malha ferroviária e hidroviária, no transporte público, na educação para o trânsito desde o ensino fundamental e no reforço da fiscalização, entre outras.

Além de permitir a livre contribuição dos cidadãos com novas ideias e propostas, a consulta submete à avaliação pública o Plano Estadual de Segur…

PT poderá entrar com ação para impedir diplomação de Adiló

Imagem
O vereador Guiovani Maria, vice presidente do PT, anunciou numa entrevista a Folha de Caxias que o seu partido poderá entrar com um recurso para impedir a diplomação de Adiló Didomênico (PTB), que foi eleitor vereador em 7 de outubro. O motivo é que Adiló é apontado como "Ficha Suja" pelo Tribunal de Contas do Estado, TCE (leia aqui).

Ele teria sido condenado pelo TCE por irregularidades administrativas na Codeca: infringência de normas de administração financeira e orçamentária; pagamento de horas extras e gratificação integrada ao salário sem base legal; prescrição de créditos a receber de clientes, caracterizando renúncia de receitas; custeio irregular de plano de saúde a servidores e multas de trânsito sem responsabilização dos infratores e outros de responsabilidade do proprietário do veículo. Por todas essas irregularidades ele teria que pagar ou devolver aos cofres públicos mais de R$ 680 mil. 

Porém a Justiça Eleitoral desconsiderou um dos princípios da Ficha Limpa q…

O peso de cada partido depois das eleições em Caxias

Imagem
Dos 30 partidos com registro oficial no Brasil, hoje, 26 participaram das eleições municipais de Caxias do Sul (ficaram de fora apenas PEN [Partido Ecologico Nacional], PSTU, PCB e PCO). Desse universo todo, 10 deles conseguiram fazer bancada na Câmara de Vereadore e, por conta disso, são os principais protagonistas do debate político da cidade. Fizemos uma compilação com as votações que cada um dos partidos fizeram para verador. Esse indicativo é fundamental para analisar a força política de cada agremiação.

Os protagonistas
Oito partidos teriam eleitos vereador mesmo sem nenhuma coligação: PDT, PT, PMDB, PTB, PCdoB, PSB, PP e DEM (por ordem de votação), elegeram 21 dos 23 vereadores de Caxias do Sul. O PDT tem a maior bancada, 5 vereadores, mas não foi o que mais cresceu. O  PTB que não tinha bancada e elegeu 3 vereadores teve o maior crescimento. O PDT, PP e PSB aumentaram 2 vereadores. PP e PSB não elegeram bancada (só tinham suplentes na legislatura passada). O DEM conquistou 1 …

UCS reajustará as mensalidades em mais de 8%

Imagem
Na manhã de hoje o Conselho Universitário, órgão da UCS que reune professores, alunos e reitoria, votou a índice de reajustes das mensalidades, que vigorará em 2013. O índice aprovado foi de 8,79% e deverá, ainda, ser apreciado pelo Conselho Diretor da FUCS.

A entidade de representação estudantil da UCS, DCE, que tem dois membros no conselho apresentou uma contraproposta de 5,58% que é a inflação acumulada nos ultimos doze meses. Porém o índice apresentado pelos estudantes só obteve dois votos.

Além do índice de reajuste outros fatores inquietam os estudantes. Pela proposta aprovada não haverá, em 2013, nenhum investimento em expansão ou melhoria da estrutura já existente com recursos próprios. Só haverá investimento com recursos captados de fontes financiadoras (geralmente públicas). Além disso uma forte política de cortes de custos, que já reduziu em 30% os "gastos gerais" da UCS continuará.

Essas políticas apesar de ter um lado positivo trazem uma carga negativa muito gr…

Dilma veta 9 pontos da MP do Código Florestal

Imagem
A presidenta Dilma vetou ontem 9 pontos da MP 571 que complementava o texto do Código Florestal. Os vetos da presidenta foram para recompor, segundo informações do Palácio do Planalto, o sentido original da Medida Provisória. Um dos principais pontos foi o que reestabeleceu a chama "escadinha" para recompor áreas desmatadas.

Pela proposta original as propriedades com mais de 10 modulos fiscais (que variam de tamanho em cada caso) deveriam recompor 50% da largura do rio nas margens. E para as propriedades menores até 10 metros de cada margem. No Congresso isso foi alterado e previa uma flexibilização maior para as grandes propriedades que foi derrubada pelo veto da presidenta. Isso gerou revolta da bancada ruralista que tentou, de todas as formas durante toda a discussão do Código, defender os grandes latifundiários.

Em represália ao veto o DEM vai entrar no STF com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade contra o decreto que foi publicado ontem. Esse decreto cobrias as lac…

Exemplo de dedicação ao serviço público

Imagem
Queremos compartilhar esse relato do servidor da Justiça Eleitoral do Acre, isso mesmo, Acre! Rosenir Elias dos Santos, 23 anos, trabalha em Marechal Thaumaturgo, a 558 quilômetros da capital acreana. Trabalho corriqueiro como ele mesmo diz, só que na noite do dia 7 para 8 de outubro Rosenir virou peça fundamental para a finalização da apuração do primeiro turno no Acre.

Faltavam duas urnas para finalizar a contagem de voto e justamente as do seu município. O problema é que elas ficarm em Foz do Bajé, localidade de difícil acesso, a cinco horas de barco do Posto de Atendimento Eleitoral, pelo Rio Tejo. A transmissão dos dados naquele local, que comporta duas seções eleitorais, só é possível via satélite.

Rosenir recebeu a notícia do atraso na transmissão por telefone. Do outro lado da linha, outro servidor informava que talvez só fosse possível chegar ao local no outro dia de manhã, de helicóptero, a menos que houvesse uma solução mais rápida.

“Foi quando eu saí procurando um ba…

Enquanto a mídia inundava você com o "Mensalão" o Cachoeira quase foi solto

Imagem
Enquanto a mídia inundava os noticiários com matérias, análises, transmissões ao vivo, suposições e outras coisas mais sobre o "mensalão", a justiça quase colocou em liberdade o maior contraventor do Brasil, Carlinhos Cachoeira, que está preso desde fevereiro, como resultado da operação Monte Carlo da Polícia Federal.

Os advogados de Cachoeira conseguiram convencer o desembargador Tourinho Neto, do Tribunal Regional Federal - 1ª região, de soltar o bicheiro. Por sorte outra juiza, da 5ª Vara Criminal de Brasília, indeferiu o pedido de revogação de sua prisão. Segundo Ana Cláudia de Oliveira Costa Barreto, Cachoeira não pode ser solto porque “ainda representa risco concreto à ordem pública”.

“Em razão do inegável poderio econômico do réu, exibido às escâncaras na mídia, as outras medidas cautelares previstas na legislação não seriam suficientes para resguardar a ordem pública, uma vez que, no atual momento processual, deve preponderar o interesse da sociedade”, diz a juíza …

Projeto de proteção do patrimônio histório é questionado

Imagem
Um projeto de autoria do executivo municipal que trata da proteção do patrimônio histório está recebendo questionamentos na Câmara, e não é por parte de oposição, é da base do governo. O vereador Mauro Pereira (PMDB) pediu vistas, na última quinta-feira, para discutir o projeto, segundo ele, com o Sinduscon - Sindicato da Indústria e Construção Cívil. O vereador questiona o fato de que todos as edificações com mais de 50 anos de idade precisariam de autorização do Compahc - Conselho Municipal de Patrimônio Histórico e Cultural - para demolição ou reforma.

O Executivo justificou que, com a proposição, tenta atualizar a lei 3.152, de 1987, que trata do patrimônio cultural. Entre as novidades, está a introdução do capítulo sobre a proteção aos bens integrantes da chamada cultura imaterial (gastronomia, festividades, etc.), o que incluiria, por exemplo, a Festa da Uva.

A matéria também busca uniformizar o tratamento dispensado a bens edificados que integrem o Plano Diretor Municipal (2007)…

Contradições no discurso de Alceu na CIC

Imagem
Se você quiser ler uma lista de elogios e falas de senso comum, sobre a participação de Alceu Barbosa Velho na CIC ontem, pare aqui. Não vamos repetir o que os jornais e rádios já fizeram. O que vamos debater são as contradições que ele apontou em sua fala.

Primeiro aspecto. Não é uma surpresa, na verdade. Foi selar a aliança com o empresariado caxiense e a elite econômica da cidade. Isso já era demonstrado na campanha, embora de maneira velada, principalmente nos altos valores doados a sua candidatura. Alceu, na CIC, explanou que o futuro que ele quer construir para Caxias é aquele baseado nas necessidades do empresariado. Mostra também a aposta no modelo desenvolvimetista da metade do século XX ao considerar que a construção da Perimetral Leste, por exemplo, é sinônimo de desenvolvimento para Caxias e qualidade de trânsito. Soma-se a isso a celebração do pacto com o empresariado pelo aeroporto de Vila Oliva que Alceu, comparou, ufanicamente, com a chegada do trem em 1910. Que bobag…

O que querem as professoras e professores

Imagem
Sem grandes pretensões, o Polenta News homenageia as professoras e professores. Porém, sem flores ou maçãs, mas reconhecendo as dificuldades da profissão.

É tão lindo ver a mídia e diversas ONGs enaltecerem a profissão de professor. "Por trás de um grande profissional sempre há um bom professor", sem dúvidas! Aliás, todas as campanhas em favor da educação são positivas, mostram o quão belo e nobre é a atividade de educar.

Também diariamente a mídia nos traz a violência em sala de aula e os baixos salários pagos à categoria.

Portanto, difícil é ver nossos governos apresentarem propostas concretas para solucionar os problemas. Violência é o extremo daquilo que não parece violento: crianças mal-educadas, respondonas, desinteressadas,  carentes, pobres, abandonadas, largadas...

A vida em sala de aula é um caos, mas também é gratificante. É viver e padecer no paraíso. Por isso que os professores podem se aposentar 5 anos antes.

Além do que a mídia apresenta, ainda tem muitas outr…

Eleição de Caxias ainda pode trazer muitas novidades

Imagem
A tática por parte da campanha de Alceu Barbosa Velho e de grande parte da mídia em querer construir um mito de uma grande vitória do candidato pedetista no primeiro turno das eleições não sensibilizou a promotoria eleitoral de Caxias do Sul..

Primeiro o promotor Rafael Festa não caiu no conto da humildade quando a coligação Caxias para Todos resolveu de bom grado pagar, sem reclamar, uma multa eleitoral de R$ 5.300,00 para Alceu Barbosa Velho (PDT), Antonio Feldmann (PMDB), José Ivo Sartori (PMDB) (totalizando mais de R$ 15 mil), por uso de imagens de prédios e obras públicas em locais inacessíveis a população (leia aqui).

O promotor entrou com o recurso dessa decisão onde pede a cassação do mandato dos canditados, Alceu e Feldmann, além de triplicar a multa. Ele ainda terá audiências sobre a representação contra Daneluz (PT) e também continuam as diligências em relação a Assis Melo (PCdoB). Contra Daneluz, e mais 7 candidatos a vereador, pesa uma suspeita de caixa dois na confecção…

Alerta: Pagamento em cartão de crédito é igual a dinheiro

Imagem
O Polenta News foi alertado sobre as formas de pagamento da Feira do Livro desse ano. Os livreiros estariam dando 20% de desconto para pagamento em dinheiro ou cartão de débito e 15% de desconto para o pagamento em cartão de crédito.

Apesar de pouca regulamentação sobre o tema, as resoluções do Ministério da Fazenda e dos órgãos de defesa do consumidor, afirmam que o pagamento por cartão de crédito deve ser igual ao em dinheiro ou em cheque, inclusive com os mesmos descontos nas compras à vista. 

A leitora que nos fez essa reclamação disse que argumentou isso, porém o vendedor disse que era orientação da organização da Feira.
Nós fizemos esse comentário em nosso perfil no Facebook e mais pessoas confirmaram a história. Nos comentários outra leitora contou que foi na Feira do Livro na terça-feira (9) e comprou em 3 bancas diferentes, com cartão de crédito, e todas aplicaram um desconto menor do que se fosse em dinheiro. Ela acabou aceitando o negócio pois queria muito os livros. Em outr…

Impressões sobre as eleições para vereador

Imagem
Um museu sem grandes novidades, tomando a liberdade de alterar a letra de Cazuza. Esse é o resumo das eleições para o legislativo caxiense. De todos os 23 vereadores eleitos apenas 5 são novidade na política: Washington (PDT), Kiko (PT), Rafael Bueno (PCdoB), Edicarlos (PSB) e Neri - Carteiro (DEM). Esses cinco, apesar de terem atuações em outros segmentos sociais não ocuparam cargos de direção na prefeitura nem foram vereadores.

Outro aspecto dessas eleições foi a criação de várias bancadas partidárias que não existiam na legislatura passada. Ao todo 10 partidos conseguiram eleger vereadores. Deste 4 não tinham representação na legislatura passada. O PP, PTB, PSB e DEM, conseguiram eleger vereadores e soman-se ao PDT, PMDB, PRB, PT, PCdoB e PSDB que já tinham representação. Como cada bancada tem direito a 2 assessores e os vereadores tem direito a outros 2, haverá 66 cargos de confiança nomeados no início da próxima legislatura.

Quem mais ganhou representatividade foi o PDT que aume…

Perdão pela sinceridade Gilberto Blume

Imagem
Gilberto você escreveu uma coluna na edição de terça feira do jornal Pioneiro que era, perdão pela sinceridade, um puxassaquismo. Você falou da luz e da decoração do apartamento de Alceu Barbosa Velho. Falou do café da manhã. Foi tão futil, tão banal, tão desprovido de propósito que sua coluna recebeu inúmeras críticas.

Perdão pela sinceridade Gilberto, mas você seguiu novamente o caminho equivocado hoje. Tomado pela ira, daqueles que deveria ter lhe indicado, talvez para a Academia Brasileira de Letras, seu ego resolveu atacar quem o criticou.

Perdão pela sinceridade Gilberto, mas você desprezou os leitores do jornal. Ao querer atacar o que você chamou de "(e)leitores" você esqueceu que todos os leitores, com mais de 16 anos, são (ou pelo menos podem ser, eleitores.

Perdão pela sinceridade Gilberto, mas se você se aventura em comentar sobre política, no dia seguinte das eleições, esteja preparado para receber críticas. Mas seu ego parece que está sintonizado na função elogio

Já visitou a Feira do Livro? Leve seu gatinho!

Imagem
A Feira do Livro está realmente muito bonita. Bancas variadas, programação diversificada e uma estrutura muito de tirar o chapéu.

A única, ressalva, por enquanto, é em relação às condições da Praça Dante Alighieri. A praça é muito suja e há reclamações reincidentes das sujeiras dos bancos (cobertos de titica de pombos). Onde há sujeira há... ratos.

Isso mesmo. O Polenta News já havia recebido uma denúncia que diversos livreiros estaria reclamando que os livros estariam sendo roídos pelos ratos à noite. Já houve bastante perdas materiais.

Em visita à Feira, pudemos constatar: a Praça está minada de ratos. E bem atrevidos, inclusive. Eles atravessa as passarelas, ficam embaixo dos lixos e praticamente não têm medo das pessoas.

Na ocasião pudemos ver pelo menos 5 ratos, entre eles alguns filhotes (até que eram bonitinhos!).

Ratos trazem doenças, demonstram que o local está sujo e vale lembrar que ao redor da praça há vários estabelecimentos de alimentação. Aliás, na própria Feira, no me…

Primeira representação julgada saiu barato para Alceu

Imagem
Perto do que podia ter acontecido ficou barata a primeira condenação da coligação Caxias para Todos pelo juiz eleitoral Sergio Augustin. Na verdade essa não é a primeira. Há dezenas de representações contra a coligação na justiça eleitoral, a maior parte por propaganda irregular (placas, muros, etc), em várias a coligação e o vereador já foram multados, mas essa é a primeira daquelas mais "famosas".
O promotor eleitoral Rafael Festa pedia a cassação do então candidato a prefeito Alceu Barbosa Velho (PDT) e de seu vice Antonio Feldmann (PMDB) por utilização de símbolos, frases e imagens assemelhadas às empregadas em órgãos públicos e a captação de imagens dentro de prédios públicos, em desacordo com a legislação, por conduta vedada. (veja aqui)

Porém o juiz eleitoral considerou que a coligação e seus candidatos deveriam receber apenas a pena mínima e os multou em cerca de R$ 5 mil reais. O coordenador da campanha de Alceu, Edson Nespolo, disse que "o valor da multa ne…

Uma avaliação da eleição para prefeito

Imagem
"A cúpula da Coligação Caxias para Todos inciara a festa durante a apuração, num hotel da cidade, regada por espumantes. A festa da mesma cúpula prossegui depois do corpo a corpo no Espaço 12 numa pizzaria". Este é o último parágrafo da segunda página do caderno especial de eleições do jornal Pioneiro de hoje.

Sem querer ou por querer mesmo Gilberto Blume acabou ressumindo o que será o governo Alceu/Feldmann (isso se as repressentações contra eles forem todas arquivadas). Será um governo feito com a elite e para a elite.

Mas isso não é surpressa pois o governo Sartori já faz isso. A questão é que o marketing político conseguiu disfarçar esse fato e transformou Caxias numa cidade de ilusões.

Porém não se pode negar o fato da expressiva votação que Alceu Barbosa Velho (PDT) fez no último domingo. Os 137.689 votos que recebeu represetam 49,94% do eleitorado caxiense. Marcos Daneluz fez 23,29% dos votos; Assis Melo (PCdoB) conseguiu 10,05%; Milton Corlatti (DEM) chegou a 3,30% …

Há provas de uso da máquina pública na campanha de Alceu

Imagem
A Rádio Caxias divulgou agora a pouco uma matéria confirmando a suspeita de uso da máquina pública por parte da coligação Caxias para Todos, que é liderada por Alceu Barbosa Velho. A rádio teve acesso a uma parte do processo onde há anexado um documento enviado pelo assessor jurídico da Secretaria da Saúde e procurador da Coligação Caxias para Todos, Sezer Cerbaro.

Nesse documento com papel timbrado da prefeitura e da secretaria da saúde, Cerbaro, comunica a Justiça Eleitoral, sobre a realização de uma atividade da campanha de Alceu Barbosa Velho (seu jantar de aniversário). Veja o texto abaixo:

“A COLIGAÇÃO CAXIAS PARA TODOS por meio de um de seus procuradores, abaixo assinado, vem à presença de Vossa Excelência informar que na data de 12 de agosto de 2012, no horário das 20 horas, será realizado no Restaurante dos Capuchinhos, localizado no largo dos Capuchinhos, nesta cidade, um jantar comemorativo ao aniversário do candidato a prefeito Alceu Barbosa Velho.
O jantar por adesão será p…

Não há voto INUTIL!!!

Imagem
Amanhã é o dia da eleição. Na nossa democracia representativa muitas vezes o povo é chamado a opinar só a cada 4 anos (2 anos no nosso caso já que se alternam eleições municipais de estaduais). As eleições comumente viram uma disputa, uma corrida, um jogo de vida e, as vezes, morte.

Mas isso tem que ser diferente. Uma democracia plena e consolidada, precisa de processos eleitorais que aprofundem as discussões sobre o futuro de uma cidade, estado ou país. Nas eleições ficamos discutindo, invariavelmente, a solução de problemas, mas pouco se ouve sobre planejar o futuro.

Nessa reta final de campanha, com a inundação de pesquisas eleitorais, muitas delas até suspeitas, o discurso do voto útil começa a ganhar força. Muita gente deixa-se votar no "candidato que vai ganhar". Isso é ruim para democracia. Pois o candidato que vai ganhar a eleição pode não ter nada a ver com o seu pensamento.

Um eleitor consciente de seu papel de cidadão tem o dever de escolher quem tem as propostas…

Trapalhadas na novela dos taxistas

Imagem
Se arrastando desde o início do ano, o processo de licitação dos novos táxis em Caxias do Sul ainda gera dor de cabeça. O edital foi publicado apenas em maio mas o processo somente se finalizou em setembro.

Foram muitas discussões sobre os critérios empregados pela Prefeitura. Boa parte dos concorrentes julgou injustos os critérios de desempate que não levaram em consideração quem tinha mais de 15 anos de experiência. Houve ajuizamento de ações judiciais e recursos administrativos na tentativa de alterar os resultados.

Ao final, o desempate se deu por sorteio, deixando 28 taxistas de fora, todos com mais de 15 anos de experiência. O resultado final deixou os excluídos indignados e gerou a apresentação de uma moção na Câmara de Vereadores.

Na última quarta-feira, a Câmara aprovou, por unanimidade, moção de apoio do Vereador Rodrigo Beltrão (PT) pela outorga da permissão aos 28 taxistas não contemplados.

Infelizmente, o descontentamento é fruto de um processo pouco democrático, pois segu…

Onde há fumaça há fogo: nova operação na Secretaria da Saúde

Imagem
Não tem como não ver: as investidas do Ministério Público, Polícia Federal e Justiça Eleitoral no poder público de Caxias não estão acontecendo de graça. Rememorando:
dia 03/10 - 14 horas - Polícia Federal, Ministério Público, Justiça Eleitoral e Pelotão de Operações Especiais invade a Prefeitura - setor de Marketing e a Secretaria de Turismo, nos Pavilhões da Festa da Uva. Foram levados documentos e HDs dos dois locais.
dia 05/10 - 10 horas - agentes da Polícia Federal levaram documentos e materiais do Departamento Jurídico da Secretaria da Saúde.
As três operações se originaram de denúncias do uso da máquina pública para fins eleitorais.
Nunca que o Ministério Público e a polícia fariam tanto "auê" se não houvesse acontecido nada. Até porque, fontes extraoficiais relatam que, de fato, foram encontradas irregularidades e materiais de campanha foram apreendidos na ação de quarta-feira.