segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Uma avaliação da eleição para prefeito

"A cúpula da Coligação Caxias para Todos inciara a festa durante a apuração, num hotel da cidade, regada por espumantes. A festa da mesma cúpula prossegui depois do corpo a corpo no Espaço 12 numa pizzaria". Este é o último parágrafo da segunda página do caderno especial de eleições do jornal Pioneiro de hoje.

Sem querer ou por querer mesmo Gilberto Blume acabou ressumindo o que será o governo Alceu/Feldmann (isso se as repressentações contra eles forem todas arquivadas). Será um governo feito com a elite e para a elite.

Mas isso não é surpressa pois o governo Sartori já faz isso. A questão é que o marketing político conseguiu disfarçar esse fato e transformou Caxias numa cidade de ilusões.

Porém não se pode negar o fato da expressiva votação que Alceu Barbosa Velho (PDT) fez no último domingo. Os 137.689 votos que recebeu represetam 49,94% do eleitorado caxiense. Marcos Daneluz fez 23,29% dos votos; Assis Melo (PCdoB) conseguiu 10,05%; Milton Corlatti (DEM) chegou a 3,30% e Luis Possamai (PSOL) ficou com 0,68%. Houveram ainda 13,84% de votos brancos e nulos. A propósito. Os votos brancos e nulos ficaram em 3º lugar ficando atrás somente de Alceu e Daneluz.

Apesar de ganhar no primeiro turno (pois tirando os brancos e nulos) Alceu totalizou 57,2% dos votos válido, uma outra leitura possível é que 50,06% dos eleitores preferem outro candidato ou não prefere nenhum deles. Isso é um dado significativo pois representa uma distorção de nosso sistema eleitoral que despreza da conta as pessoas que não votam em ninguém. Mas não queremos ficar nesse detalhe para não nos acusarem de "cri-cri".

Porém parece que muita água ainda passará por esse moinho chamado eleições municipais 2012. Além das quatro representações por conduta vedada e uso da máquina pública que já atingiam a candidatura de Alceu Barbosa Velho e que está no TRE, ainda há o caso da negociação da troca de apoio por um CC8 na prefeitura e ainda as apreensões de equipamentos na Prefeitura, Festa da Uva e Secretaria da Saúde. Todos esses indícios apontam para que essa eleição tenha uma reviravolta nos próximos meses.

Infelizmente parece que a mesma arrogância que tiveram usando papel timbrado da prefetura para enviar ofício da coligação de Alceu para a justiça eleitoral reflete no comportamento de integrantes da chapa majoritária. No Pioneiro de hoje aparece uma fala de Feldmann fazendo pouco caso do poder judiciário. Ele diz: "Será que vão nos denunciar para o MP que estamos indo para a prefeitura?", disse o [humorista?!?!?] futuro vice prefeito.

Esse é o respeito que uma das autoridades máxias de Caxias deve ter com os outros poderes democraticamente constituidos?
As pesquisas eleitorais

O fator que queremos observar, com muita enfâse é sobre as pesquisas eleitorais. O Ibope, novamente errou! E feio! Mas não "errou" em toda a pesquisa. Ele errou seletivamente. Compare os números abaixo:

Candidato                                Ibope (04/10)                    Resultado Eleição
Alceu Barbosa Velho                       52%                                  49,94%
Marcos Daneluz                              14%                                  23,29%
Assis Melo                                      11%                                  10,05%
Milton Corlatti                                  3%                                     3,30%
Luis Possamai                                  1%                                     0,68%
Brancos e Nulos                               8%                                   13,84%
Indecisos                                         11%

Entre a pesquisa e a realidade. Alceu Barbosa Velho ficou abaixo da margem de erro. Os votos brancos e nulos ficarm quase duas margens de erro acima da pesquisa e a votação de Daneluz ficou mais de 9 pontos percentuais acima (3 vezes a margem de erro). Alguém acredita que Daneluz conquistou, em 3 dias, 21600 votos? Ou que nesse mesmo período 12 mil pessoas resolveram votar branco ou nulo e Alceu perdeu quase 10 mil votos?

As pesquisas realmente apontavam, e acabaram confirmando, uma vitória em primeiro turno. Porém essas inconsistências são extremamente alarmantes e colocam em dúvida, para qualquer pessoa séria o próprio instrumento da pesquisa eleitoral. Porém a nossa legislação é branda nesse sentido. Não há obrigatoriedade de auditoria dos questionários, nem dos processos de tabulação e de coleta de dados. Números podem ser, e constantemente o são, manipulados a pedido do cliente.

Nosso compromisso

Nosso blog já tem quase dois anos de vida. Não nascemos para uma eleição e depois acabar. Nem somos publicação de véspera de eleição como muitas que pipocaram na cidade na última semana só para arrecadar dinheiro. Continuaremos nosso trabalho de mostrar o que os outros escondem. Claro que tem gente que não gosta, isso é da vida. Quando o futuro prefeito tomar posse começaremos a acompanhar o trabalho da prefeitura e comparar com as promessas de campanha. Se a RBS tem um "promessômetro" também teremos o nosso.

2 comentários:

  1. Quando vocês vão desmentir o papo do convite de aniversário no pc da prefeitura? Isso já foi dito que é falso, espero retratação com o Alceu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem disse que é falso? A campanha do Alceu não vale.

      Excluir

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com