quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Exemplo de dedicação ao serviço público

Rosenir, com o diploma, viajou 5 horas de barco, no escuro,
com gasolina emprestada, para finalizar a contagem de voto
no Acre.
Queremos compartilhar esse relato do servidor da Justiça Eleitoral do Acre, isso mesmo, Acre! Rosenir Elias dos Santos, 23 anos, trabalha em Marechal Thaumaturgo, a 558 quilômetros da capital acreana. Trabalho corriqueiro como ele mesmo diz, só que na noite do dia 7 para 8 de outubro Rosenir virou peça fundamental para a finalização da apuração do primeiro turno no Acre.

Faltavam duas urnas para finalizar a contagem de voto e justamente as do seu município. O problema é que elas ficarm em Foz do Bajé, localidade de difícil acesso, a cinco horas de barco do Posto de Atendimento Eleitoral, pelo Rio Tejo. A transmissão dos dados naquele local, que comporta duas seções eleitorais, só é possível via satélite.

Rosenir recebeu a notícia do atraso na transmissão por telefone. Do outro lado da linha, outro servidor informava que talvez só fosse possível chegar ao local no outro dia de manhã, de helicóptero, a menos que houvesse uma solução mais rápida.

“Foi quando eu saí procurando um barqueiro, de noite, com a cidade totalmente parada após a eleição e os postos de gasolina todos fechados. Em Thaumaturgo os postos fecham às 17h”, destacou.

O servidor encontrou o barqueiro, mas sem gasolina. Conseguiu alguns litros emprestados com um conhecido, o suficiente para chegar em Foz do Bajé, exatas cinco horas depois. Se fosse de dia, faria a viagem pela metade do tempo, afirma.

A noite estava fria, com muita neblina e sereno. A lanterna usada mal iluminava o caminho em que o barco de pequeno porte percorria. Ao chegar na localidade, Rosenir sabia que ainda teria o mesmo trecho a percorrer no caminho de volta.

Rosenir nem sabia, mas só ao chegar à Foz do Bajé já era considerado um herói pelos servidores e magistrados do TRE-AC, que aguardavam o desfecho das eleições. Desfecho que ele conseguiu realizar por volta de 1h do dia 8, quando destravou o equipamento de transmissão, para que a operação fosse concluída pela técnica. Pronto. Eleições no Acre apuradas. E o Estado foi o 16º a fechar as eleições e não o último como foi noticiado pela mídia nacional.

“O ato heróico do Rosenir apenas traduz o esforço de todos os servidores da Justiça Eleitoral que atuam nesta grande missão, que é fazer eleições e levar democracia aos lugares mais longínquos desse país. Estão todos de parabéns. A homenagem é para todos”, destacou o presidente do TRE-AC, desembargador Pedro Ranzi.

E durante as eleições tem gente que reclamava de andar algumas quadras para votar.

Com informações do setor de comunicação do TSE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com