sexta-feira, 15 de abril de 2011

PAC 2 já investiu mais de R$ 1 milhão por dia

Não sei quem inventou essa história de avaliação de 100 dias, mas agora ela virou pauta obrigatória da grande mídia. Só que o nosso PIG não respeita “a lua de mel dos 100 dias”. A nossa “mídia” não poupou a presidenta Dilma um único dia, desde antes de ser candidata a presidente.

O Estado de São Paulo na sua matéria de hoje dá mais um exemplo dessa tentativa desespeerada de ocupar o vácuo da oposição. Com a manchete “‘Vitrine’ na eleição, PAC emperra e Dilma só libera 0,25% dos recursos”, o referido veículo tenta desconstituir esse programa governamental. 

A própria matéria fala que estão destinados R$ 40,1 bilhões de investimentos mas tenta, a todo custo, fixar a tese de que pouco dinheiro foi liberado. O que o jornal não conta é que há várias etapas até o pagamento efetivo de uma obra e deixar recurso empanhado é garantia de que ela realmente saíra sem sobressaltos. Mas mesmo assim o valor pago ultrapassa os R$ 100 milhões de reais, ou seja, mais de R$ 1 milhão por dia. Isso é muito, muito investimento. Principalmente para um país que passou os 8 anos de FHC sem investir um único real.

A matéria, em resumo, é mais uma tentativa do PIG de tentar ser oposição ao governo. Os próprios exemplos de programas que não estariam andando, citados na matéria, não são convincentes.

Outra coisa é importante de ser avaliada. Um governo tem 1.460 dias, ou mais! Ainda é muito cedo para se fazer uma avaliação se o dinheiro gasto é pouco. A questão principal deveria ser quais obras estão andando.  E as obras estão andando. Diferente de outros governos, apoiados pelo Estadão, não há uma denúncia de obra paralizada pegando poeira ou criando teia de aranha. O que vemos é justamente o contrário. O Brasil se transformou num grande canteiro de obras. Isso é o que deixa o nosso PIG com coceira nos dedos. Como é comum nesses casos os demais veículos do país servem de correia de transmissão dos grandes veículos do centro do país e simplesmente reproduzem o conteúdo, integral, que os "jornalões" escrevem. Lamentável.

Só para constar, em Caxias uma das obras que receberá recursos do PAC 2 é para a construção da escola de educação infantil no Cidade Nova. Pelo PAC 1 a cidade recebeu investimentos para o Loteamento Vitório Trez e para urbanização do Fátima Baixo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com