terça-feira, 24 de maio de 2011

Estudantes de Caxias cobram apoio de Governo do Estado na reativação de Grêmios Estudantis e da UCES

Na manhã desta sexta-feira (20/05) estudantes secundaristas de Caxias do Sul entregaram ao secretário de Estado da Educação, José Clóvis de Azevedo, um manifesto cobrando apoio do Governo do Estado na reativação dos Grêmios Estudantis nas escolas da rede estadual e da União Caxiense de Estudantes Secundaristas (UCES).

Segundo o manifesto, a maior parte das entidades estão desativadas e em alguns casos isso acontece por pressão da direção da escola. No caso da UCES, a entidade foi desativada alguns anos atrás, quando a última gestão não convocou eleições. Os líderes do movimento querem apoio institucional, mas mantendo a autonomia dos estudantes, garantida na Lei do Grêmio Livre.

O secretário parabenizou a iniciativa e garantiu apoio da Secretaria através da 4ª CRE, representada pela coordenadora Márcia Fernandes. Ressaltou que não deve tutelamento por parte do governo ou das direções, mas sim incentive o diálogo. Também apresentou algumas ações que o Governo está desenvolvendo na educação.

Os estudantes que participaram da entrega do documento são Aline Branco e Alessandro dos Santos Xavier, do Grêmio Estudantil do IEE Cristóvão de Mendoza, e Henry Mello da Comissão Pró-Grêmio Estudantil da EEEM Evaristo de Antoni. Para eles o protagonismo da juventude é essencial pra apontar as melhorias na educação, e aprofundar as mudanças positivas na sociedade.

Veja o texto do documento entregue ao Secretário: 


UM GRÊMIO ESTUDANTIL EM CADA ESCOLA! 
PELA REABERTURA DA UNIÃO CAXIENSE DE ESTUDANTES SECUNDARISTAS! 


O Brasil passa por um momento de grandes transformações. Nos últimos anos vivemos um ciclo virtuoso de crescimento econômico com distribuição de renda. A juventude brasileira lutou e conquistou mudanças e hoje tem mais possibilidade de acesso ao ensino superior e ao ensino técnico.

No Rio Grande do Sul, ao contrário, nos anos que passaram vimos o sucateamento do ensino público e a criminalização dos movimentos sociais. Resultado disso é o fechamento da grande maioria dos Grêmios Estudantis das escolas estaduais. Esperamos que o novo governo, que tem como um de seus eixos a participação popular e cidadã reverta esse quadro.

Os Grêmios Estudantis já representaram a vanguarda da juventude brasileira e trabalharam pela qualificação do ensino e das escolas. Infelizmente hoje há poucos Grêmios Estudantis ativos e, em alguns casos, por ação direta das direções escolares. Como reflexo disso, a *União Caxiense de Estudantes Secundaristas (UCES)* também está desativada.

Para a educação do Rio Grande do Sul atingir um novo patamar de qualidade é importante contar com o protagonismo juvenil. Isso só será feito com a reativação e valorização dos Grêmios Estudantis, em todas escolas do estado.

Esta tarefa cabe aos estudantes através de sua organização e autonomia. Mas queremos contar com o apoio do Governo do Estado, através da Secretaria de Educação, para que apóie e incentive a reabertura das
entidades estudantis, não só em Caxias do Sul, mas em todo o estado.

Caxias do Sul, 20 de maio de 2011.

Grêmio Estudantil IEE Cristóvão de Mendoza
Comissão Pró-Grêmio Estudantil EEEM Evaristo de Antoni

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com