sexta-feira, 8 de julho de 2011

Perolas da Geni [2]

Foto: Cristofer Giacomet
Na sessão de ontem da Câmara de Vereadores a vereadora Denise Pessôa, PT, no seu discurso da tribuna fez uma grave denúncia de suspeita de irregularidade na prestação de serviços de informática à Fundação de Assistência Social, FAS. Segundo a vereadora a empresa contratada, por dispensa de licitação, tem como sócio o filho da presidente da FAS, Maria de Lourdes Grison, e isso é proibido pela Lei Orgânica do Município. 


Como um foguete a fiel escudeira do governo, vereadora Geni Peteffi, utilizou-se da sua velha tática. Partir para o ataque e proferiu a seguinte pérola: 


“Quem cuidava da informática do Samae antes de a senhora ser vereadora era o cunhado do presidente do PT, e nós nunca falamos porque acreditávamos que faziam um bom trabalho. Devagar com o 
andor que o santo é de barro”


Aqui podemos perceber várias contradições:


* Primeiro o cunhado do presidente do PT, que não era CC da prefeitura não estava impedido de prestar serviços como o filho da presidente da FAS;


* Segundo, se não falou errou. Calou por omissão e quer que o mundo também feche os olhos;


* Terceiro, a tática de ataque demonstra, sem sombra de dúvida, que há algo de muito errado aí, mas isso deixaremos para a próxima postagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com