Justiça mantém acusação de deputados na fraude do Detran

Neste fim de semana O Burguseiro trouxe novas notícias sobre o escândalo do Detran, em que 11 pessoas foram denunciadas pelo Ministério Público Federal na cidade de Santa Maria, entre elas a ex-governadora Yeda Crusius Credo, por fraudes no Detran-RS. Como de praxe, o PIG caxiense deu um jeitinho de escamotear o centro da notícia.

Atente para o título da notícia: Justiça exclui três acusados de ação de improbidade - Decisão beneficia Carlos Crusius, Walna e Bordini.


Como deveria ser: Justiça mantém acusação de deputados na fraude do Detran - Decisão prejudica o deputado federal José Otávio Germano (PP), o deputado estadual Frederico Antunes (PP), o ex-deputado Luiz Fernando Záchia (PMDB) e o ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado, João Luiz Vargas.


Simples assim... Mas os interesses que rondam os bastidores sempre vêm à tona. Dos acusados na fraude do Detran, dois foram reeleitos nas últimas eleições: Francisco Antunes e José Otávio Germano, ambos do PP.


Uma operação da polícia revelou um esquema de desvios de recursos no Detran entre 2003 e 2007. A fraude, de acordo com as investigações, foi estimada em R$ 44 milhões. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mauro Pereira, fiel escudeiro de Eduardo Cunha na Câmara de Deputados

É um absurdo: Lasier Martins arranjou emprego para a namorada na Assembleia Legislativa

TV Caxias terá bens leiloados