quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Trabalho Decente

Nesta última terça-feira aconteceu a Conferência Municipal de Trabalho Decente em Caxias do Sul. A Conferência foi organizada pelo Ministério do Trabalho e Emprego e contou com a presença de trabalhadores e empresários.

Tive a  oportunidade de conferir os debates e a gente acha que já sabe o discurso tanto de um como de outro. Na verdade, me acostumei muito mais com as argumentações dos trabalhadores, não dos empresários. Talvez seja por isso que meus ouvidos doeram tanto quando os empresários começaram seus discursos. Todas as falas perfeitamente compreensíveis, porém em uma lógica tão capitalista quanto esse mundo que a gente vive. Capitalista, machista e racista. Pelos meus cálculos, cerca de 26 pessoas falaram: dentre elas, 3 mulheres e uns 3 negros.

Algumas pérolas:

 "O que eu faço com um trabalhador que se demite logo após eu proporcionar a ele diversos cursos de capacitação?"

"Esse país tem muito feriado! As pessoas têm que trabalhar! Outro absurdo é essa história de quererem aumentar a licença paternidade para 15 dias." - essa fala contou com uma bela vaia

"Queremos trabalho decente para todos! Segurança? Liberdade? Equidade? Salários adequados? Tudo depende..."

"Eu tenho diversas empresas e trabalho muito!"

"Não existe essa coisa de trabalho x capital. Afial quem constrói o capital são os trabalhadores." - muito bem colocado!

"Coitados de nós empresários!"

E por aí vai. Talvez seja óbvio de mais. Mas prestar atenção nessas colocações é salutar para que mantenhamos nossa consciência de classe e de quem é quem nessa sociedade!


Um comentário:

  1. "Eu tenho diversas empresas e trabalho muito!"

    Essa é coerente com a realidade da maioria dos empresários. É comum o dono da empresa ser a pessoa que mais trabalha lá dentro. A idéia que tá no senso comum de que "o chefe é que tem uma vida boa" é preconceito. Tenta gerir um negócio próprio pra ver a vida mansa!

    ResponderExcluir

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com