terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Suspensão da greve dos médicos até depois das eleições. Muito suspeito!

Reunião do Governo com o Sindicato Médico:
note a ausência do Prefeito Sartori
Parece que com a aproximação do ano eleitoral o calo começou a apertar. Hoje o Sindicato dos Médicos está negociando com o Governo Sartori a suspensão da Greve até depois das eleições municipais de 2012.

Suspeito, não?

Na verdade, corre solto que, apesar da intransigência apresentada por ambos os lados (médicos e Prefeitura), a greve tem um motivo de acontecer: a lógica privatista. Agravando os problemas da saúde na cidade e transformando tudo no caos, a Secretaria da Saúde e o Governo têm motivos de sobra para apresentar à população uma proposta de privatização da saúde pública em Caxias do Sul. É o que geralmente ocorreu com as empresas privatizadas na era FHC. Lembra? Pois a moda agora é privatizar a saúde através de OSCIP, Fundações e terceirizações travestidas de convênio.

Com a suspensão da greve até depois das eleições municipais, fica claro que a Prefeitura pediu água e resolveu mudar a estratégia de seus planos diabólicos. O caos na saúde está "queimando o filme" do Governo Sartori. Se medidas não forem tomadas com urgência, corre-se o risco de não dar tempo da população esquecer esse absurdo e haver prejuízos nas urnas.

Pra variar, o "prefeito de fato", Edson Néspolo, tomou a frente das negociações e já anunciou que foi chegado a um acordo com os médicos. Resta saber quanto irá custar aos cofres públicos esse suspeito e pernicioso acordo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com