sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Yoani Sánchez e a falsa moral da Globo


A notícia do dia foi a concessão de visto para a blogueira cubana Yoani Sánchez. Crítica do governo de Cuba, Yoani alega ser perseguida pelo governo cubano entretanto consegue manter seu blog em funcionamento mesmo com as enormes restrições de acesso a internte que atinge toda a ilha.

Cuba depende de conexão, via satélite, para acesso a internet. Por conta do bloqueio americano Cuba não acessa os cabos de rede submarino que estão a apenas 120 km, nos Estados Unidos. Para ter uma ideia do que é a dificuldade de acesso a internet em Cuba, todo a taxa de transmissão, em um dia é o equivalente ao tráfego de 3 lan house no Brasil. A situação só vai mudar quando o cabo maritimo que sai da Venezuela e vai até Cuba for instalado na metade do ano.

Mesmo assim Yoani causa largos sorrisos no PIG brasileiro. No periódico televisivo matutino da Rede Globo o “comentarista” Alexandre Garcia não conseguia esconder a satisfação em seu comentário. E não por que estaria preocupado com uma ativista que teria sua liberdade ameaçada, mas pelo simples fato de poder criticar o governo Lula.

Na sequência de bobagens do comentarista ele afirmou que Yoani não conseguia sair de Cuba. Na verdade ela já saiu do pais, ela foi para a Suiça e, inclusive, retornou. Outra bobagem foi a respeito dos boxeadores cubanos que teriam pedido asilo no país. O representante do PIG insinuou que eles teriam sido colocados em um avião e apareceram em Cuba, quando na verdade eles desistiram da solicitação de asilo.

O governo Dilma acertou em conceder o visto de visitante a Yoani pois isso é afirmar a soberania nacional do mesmo jeito que recebemos Cesare Battisti, por exemplo.

A falsa moral da Globo vai mais longe. Quando Julian Assange sofria fortes pressões por causa do Wikileaks a emissora foi protocolar. Do mesmo jeito ela pouco se importa com as leis que imporão censura na internet, como a Lei Azeredo, S.O.P.A, entre outros. Será que a emissora não achou importante debater o fechamento do Megaupload?

Nada disso você verá na tela do Globo pois a “Vênus Platinada” defende o direito de empresa e não o direito de imprensa.

Yoani não é um pobre blogueira

Pelo o que é publicado na grande imprensa parece que o blog dela é o único em Cuba. Isso não é verdade. Há milhares de blogs que falam sobre os mais variados assuntos. A diferença é que somente Yoani recebe para escrever. Fontes extraoficiais indicam que no último ano ela teria recebido US$ 500 mil por seu trabalho.

Num país onde o acesso à internet é extramente difícil, como foi falado, seu blog é traduzido, automaticamente em 18 idiomas, coisa impressionante até para os padrões de primeiro mundo.

O contraponto a Yoani é feito, principalmente pela rede “Blogueros y Corresponsales de la Revolucion”, que possui 1325 membros em 30 países. A fundadora da rede, Norelys Morales Aguilera, jornalista e blogueira cubana, inclusive, já palestrou em Caxias do Sul no ano passado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com