quinta-feira, 10 de maio de 2012

Pedro Incerti muda parecer do caso Paese por conta própria

Acabamos de receber a notícia que o vereador Pedro Incerti (PDT) apresentou o relatório da Comissão Processante, que apurou se o vereador Harty Moises Paese (PDT) faltou com o decoro parlamentar no caso de apresentação de atestados médicos falsos. Porém o relatório pede o arquivamento do processo diferente do que foi aprovado na comissão que pedia a cassação do mandato de Paese.

A comissão processante é composta por Rodrigo Beltrão (PT), presidente, Pedro Incerti (PDT), relator e Geni Peteffi (PMDB). A reunião final da Comissão, ocorrida em 2 de maio, decidiu pela procedência da denúncia e por rito legal, a convocação de Sessão de julgamento. Na ocasião, somente orelator Pedro Incerti votou pela improcedência. O relatório final, previsto no artigo 213 do Regimento, foi sinalizado pelo presidente da Comissão, que deveria ser protocolado ainda na sexta dia 4 de maio.

Porém Incerti entregou na manhã de hoje, pela assessoria do PDT, um relatório que diz exatamente o contrário, pede o ARQUIVAMENTO DO PROCESSO. Diante do fato o vereador Rodrigo Beltrão está chamando para sí a responsabilidade, como presidente da comissão, de fazer um relatório com o que realmente foi aprovado na comissão. 

A atitude do vereador Incerti, por sí só já coloca ele até como alvo de uma outra comissão processante, pois ele mentiu em seu relatório alterando o que foi deliberado pela comissão. Essa atitude só tem um objetivo: protelar o julgamento de Paese, que seria no dia 14, para que ele ganhe mais tempo ou consiga mais apoios. 

Esse é mais um episódio da conturbada relação do Paese e do PDT no caso dos atestados falsos.

Para saber mais:

Fim de carreira para Harty?

Óleo de Peroba pro Harty Paese

Psicose tóxica: Prêmio cara de pau para Harty

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com