domingo, 22 de julho de 2012

Área de Lazer no Planalto Rio Branco sofre com abandono

Uma área verde que serviria de lazer para os moradores do Planalto Rio Branco encontra-se totalmente depradada e abandonada. O registro fotográfico feito por Marcos Vinícius Cacequi, no seu perfil do Facebook mostra o estado lamentável que está o lugar.

O local que abrigava um parque infantil, campo de futebol, centro comunitário e até uma capela mortuária está completamente destruído. Segundo Marcus a situação já dura anos. Na porta de onde seria a capela mortuária uma placa da Prefeitura Municipal anuncia a obra de reforma que ficaria pronta em 90 dias.

Este é o lugar onde famílias, crianças e adolescentes têm para se divertir, em meio a focos de dengue, goleiras seguradas por pedras e parede do antigo centro comunitário pronta para cair em cima de alguém.

"Fiz está denuncia porque nos últimos 8 anos foram assim. Nesta comunidade temos indivíduos em situação de extrema pobreza, morando a beira dos trilhos do trem, onde há famílias que sequer saneamento básico têm, comunidade com diversas pontos de tráfico e nossos jovens cada vez mais marginalizados. Quem sabe se o centro comunitário funcionasse? Se houvessem atividades culturais e esportivas com esses jovens neste espaço comunitário? Se tivessem um local pra passar os dias!? Talvez assim poderíamos através do lazer, do esporte e da cultura diminuir pelo menos um pouco esta porcentagem da marginalidade que não para de aumentar em Caxias", completa Marcus.

Como pode-se ver pelas fotos a situação é deprimente. Esse não é o único espaço, em bairros mais afastados que enfrenta com o abandono. O site da prefeitura divulgou em 04/07/11 que seria feito o projeto da rede elétrica do local. Porém parece que nada foi feito. Para uma administração que diz "cuidar das pessoas" o descaso com os moradores dos bairros mais carentes é condenável.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com