terça-feira, 28 de agosto de 2012

‎"As árvores podadas parecem mãos de enterrados vivos"

Foto: Vera Damian
Mário Quintana (1906-1994) foi definitivo na frase que é o título dessa matéria. Nada resume as "podas" que estão sendo realizadas em centenas de árvores em Caxias do Sul. Para fazer rápido o serviço ele é mal feito e tudo isso com a conivência da Secretaria do Meio Ambiente, que não fiscaliza, e com a irresponsabilidade da Secretaria de Obras que faz mal feito.

A foto postada no Facebook pela jornalista Vera Damian mostra o estado que ficaram um grupo de árvores na Alfredo Chaves próximo da Prefeitura. Ao questionar a Secretaria de Meio Ambiente a jornalista ouviu que os ligustros são uma planta invasora, porém é uma das espécies mais utilizadas em arborização por ser extremamente resistente. Resiste até mesmo a falta de cuidado de quem realiza as podas.

Se o objetivo da Secretaria fosse substituir os ligustros eles deveriam então ser trocados por outras espécies. Porém a realidade em Caxias do Sul é justamente o contrário, derrubar cada vez mais as árvores. A política ambiental do governo Sartori é catastrófica no que diz respeito ao meio ambiente. Esse governo já derrubou mais de 600 árvores para fazer uma cancha de rodeios que é usada algumas vezes por ano. Há indícios de irregularidades nas licenças ambientais de várias obras de asfaltamento do interior, sem falar na obscura, e questionável, licença ambiental para o Marrecas.

Fica a pergunta: Se continuar a mesma política ambiental da prefeitura por mais quatro anos, árvores existirão apenas em outras cidades?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com