segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Circo midiático em torno do julgamento da AP470 é fracasso de público

"Na Praça dos Três Poderes, há mais pombas do que gente. O vendedor de cocos mira o vendedor de picolés, que olha para o vendedor de lembrancinhas de Brasília. O trio está entediado e desolado."
Muito aparato para pouco público
Essa frase não foi extraída de nenhum blog alternativo à grande mídia. Ela foi publicada na edição de domingo da Zero Hora. Ali há a confissão de que todo o circo midiático armado para o que a imprensa chamou de "julgamento do século" está sendo um grande fracasso de público.

Não há manifestações em frente do STF pedindo a condeção dos réus. Não há nem curiosos. Nas redes sociais o assunto não repercurte, e quando repercute é em favor dos acusados. A tal opinião pública, que é tão defendida pela grande mídia está completamente alheia ao que está acontecendo. Fica, tão somente, a opinião publicada, que não tem eco nenhum junto a sociedade.

Com excessão de jornalista mais reacionários, como o Noblat, da Veja, que tenta a qualquer custo criar discussões fictícias, dessa vez com o Ministro do STF Dias Toffol, como já havia feito com Lula. De resto, como já publicamos aqui o twitter de um jornalista da Folha de São Paulo onde ele diz: "A gente coloca o julgamento do mensalão e o Ibope despenca".

A história da AP 470, chamada de "mensalão" foi contada por 7 anos por somente um lado. A grande mídia contou a história como quis, ouvindo quem ela quis. Agora quando 38 versões também são ouvidas sobraram pulgas atrás das orelhas das pessoas. Essa semana começaram a ser proferidos os votos dos ministro, aí a história começa a ganhar novo folego. Vamos ver o que vai dar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com