segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Prefeitura gasta mais de R$ 2,2 milhões em publicidade

Se você achou que estava vendo propaganda demais da prefeitura de Caxias do Sul achou certo. Em apenas 6 meses a prefeitura de Caxias do Sul gastou mais de 2,2 milhões em publicidade. Esse número é um pouco inferior ao gasto em todo o ano de 2011 (R$ 2,5 milhões) porém é o mesmo que foi gasto durante todo o ano de 2010.

Pela lei eleitoral a partir do começo de julho a prefeitura está impedida de veicular propaganda institucional, com excessão das de utilidade pública. E justamente pele proximidade das eleições municipais o dinheiro de um ano foi gasto todo em meio ano. Com esse bombardeio midiático, com toda a certeza, se criou uma cidade imaginária, sem problemas, onde tudo foi feito e tudo é grandioso. Pode ser esse um dos motivos do alto índice de aprovação do governo Sartori. Na prática, para a campanha situacionista, a campanha eleitoral de rádio, tv e jornal começou muito tempo antes da data oficial. Essa prática, porém, não é coibida pela legislação eleitoral que multa, por exemplo, uso antecipado do Facebook ou do Twitter.

Gastos com publicidade da Prefeitura:
2009 - R$ 2.120.670,00
2010 - R$ 2.299.452,89
2011 - R$ 2.594.206,64
2012 - R$ 2.299.215,22
Fonte: Portal Transparência

Além do elevado valor gasto em publicidade também percebe-se distorções e concentração na distribuição das verbas publicitárias. Há uma lista enorme de recebedores de patrocínios. Muitos são absolutamente desconhecidos.

Entre as empresas que mais receberam recursos a RBS TV recebeu R$ 450.450,40 até julho desse ano. Os outros veículos do grupo RBS (que diz que não tem monopólio no RS) receberam grandes boladas também. Rádio Itapema, R$ 50.515,86, Rádio Atlântida, 42.902,56 e Jornal Pioneiro, R$ 86.426.68. Somados os veículos do grupo receberam R$ 630.295,50, ou 27% do total. Agora fica fácil saber o porquê tantas matérias pro governo nos veículos do grupo.

Entretanto quem mais recebeu recursos foi a JJD Proequipe, agência de propaganda contratada pelo governo municipal que recebeu a bagatela de R$ 835.000,00 em 6 meses. Soma-se a isso o que ela recebe de todos os outros veículos como comissão de agência (aquele mesmo valor que estava em discussão no caso da AP470, "mensalão") no valor de 20% do pago pelo anúncio, o que faz que o faturamento seja milionário.

Veja abaixo a lista de quem recebeu recursos de publicidade (acima de R$ 10 mil):


JJD Proequipe 835.000,00
RBS TV 450.450,40
Rádio São Francisco 262.681,88
Jornal Pioneiro 86.426,68
Rádio Editora Exitos 66.130,84
Rádio Caxias 61.548,27
Rádio Itapema 50.515,86
Tracodoor 45.312,00
Rádio Atlântida 42.902,56
FUCS (Rádio e TV) 41.657,44
Rádio Difusora 36.168,61
Rádio Mil e Dez 31.673,04
O Caxiense 29.912,00
TV Caxias Canal 14 27.408,00
Gazeta de Caxias 24.661,92
Caminhos da Serra 17.152,00
Folha de Caxias 16.240,00
Tempo Todo 14.756,80
Willians e Susiane Comunicação 13.680,00
Rosa Maria Calixto 12.000,00

Há uma extensa lista de outros recebedores de valor menor que R$ 10 mil. Para conferir a lista completa siga as instruções abaixo:
Entre no site: http://transparencia.caxias.rs.gov.br/portal-transparencia/
Clique em "Despesa"
Clique em "Tipo de gasto (analítica)"
Na caixa que está no rodapé selecione "Rúbrica" e digite "Publicidade"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com