sexta-feira, 28 de setembro de 2012

A mídia e Gilmar Mendes pedirão desculpas a Lula?

O Ministério Público Federal pediu à Justiça do Distrito Federal, nesta quarta-feira, o arquivamento de investigação aberta para apurar se houve conduta criminosa do ex-presidente Lula durante uma conversa ocorrida com o ministro do STF Gilmar Mendes. Partes do diálogo foram relatadas pela revista Veja, com a versão, confirmada depois pelo ministro de que Lula teria feito pressão, em maio, para tentar adiar o julgamento do "mensalão".

O pedido de investigação foi feito por parlamentares do PSDB, DEM, PPS e PSOL (que turma, eihn), que acusavam Lula de cometer "crimes de coação no curso do processo, tráfico de influência e corrupção ativa".

O Ministério Público, porém, não detectou um pedido específico de Lula a Mendes para atrasar o julgamento do caso. Durante o processo investigatório, o Ministério Público enviou dois pedidos de informação a Gilmar Mendes com questionamentos sobre o episódio. O ministro, porém, não respondeu.

Um professor de jornalismo da UFRGS me disse uma vez que o conteúdo da Veja era irrelevante o importante para toda a mídia é a sua capa. A mídia reproduz uma capa da Veja a exaustão e fez isso com essa conversa que foi deturpada, e quem diz isso foi o próprio Ministério Público Federal.

A revista criou uma história que não existiu, Gilmar Mendes confirmou a invenção, mas quando ele poderia ser responsabilizado (mentindo numa investigação), ele preferiu o silêncio. O estrago da irresponsabilidade desse folhetim já foi feito. E agora Veja? E agora Gilmar Mendes? Haverá um pedido de desculpas aos brasileiros pelas mentiras publicadas?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com