João Carlos Berti confirma que estava em jantar onde foi oferecido cargos por apoio

Berti estava na reuniu que Alceu ofereceu cargos
em troca de apoio
O candidato a vice prefeito na chapa de Assis Melo (PCdoB), João Carlos Berti (PPS), admitiu na manhã de hoje, durante o debate com os candidatos a vice na Rádio São Franscico que estava no jantar onde foram gravadas a proposta de cargos por apoio político.

Segundo Berti a atividade aconteceu no salão de festas do apartamento de Alceu Barbosa Velho (PDT) e reuniu representantes de 22 partidos. Segundo ele Alceu teria feito a oferta de no mínimo um CC8 (com valor de R$ 8 mil hoje) para cada partido que participasse da coligação.

Berti disse que ficou indignado com a situação e, por conta disso, abandonou a coligação que fazia parte até o momento. Isso está corroborando a história de Renato Nunes (PRB) e Koiti Tamura (PTC) que falaram no programa de Daneluz na noite de ontem.

Dos 22 partidos, 17 fecharam apoio, e o que parece irão receber um CC8 no caso de vitória de Alceu Barbosa Velho. Três se retiraram e outros 2 iriam se coligar com Alceu mas as direções nacionais intervieram.

Como resposta as denuncias Alceu disse: "Fizemos uma negociação política normal. Eu disse para os representantes dos partidos: ajuda a ganhar, ajuda a governar. E garanti a cada um deles essa participação no governo".

A fala de Alceu é a confissão de que, caso ganhe as eleições, seu governo seria construído apenas distribuíndo cargos. Critérios técnicos ou de competência não teriam vez já que estava garantido espaço, privilegiado, a cada partido.

O que aterroriza nessa história toda é que Alceu não nega o fato e que ainda 17 partidos aceitaram a barganha. Logicamente alguns o fizeram por critério ideológicos até. Mas agora se entende as grandes brigas que fizeram PTB e PP, por exemplo, para garantir apoio a Alceu ao invés de candidatura própria. Parece que as acusações de que isso aconteceu por conta dos cargos era verdade.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mauro Pereira, fiel escudeiro de Eduardo Cunha na Câmara de Deputados

É um absurdo: Lasier Martins arranjou emprego para a namorada na Assembleia Legislativa

TV Caxias terá bens leiloados