sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Aumento da passagem de ônibus e o jogo do cena de Sartori

Como já havia sido "anunciado" pelo Pioneiro e alertado aqui pelo Polenta News (leia aqui), o prefeito José Ivo Sartori (PMDB) fez um "teatrinho" para fixar o novo valor da passagem de ônibus urbano abaixo do valor decidido pelo Conselho Municipal de Trânsito e Transportes (CMTT).

Em 19 de dezembro, dois dias antes da reunião do CMTT, a coluna Mirante, do Pioneiro, já afirmava que o prefeito sancionaria um valor perto da inflação, ou seja, a passagem de ônibus iriam para R$ 2,85. Em 21 de dezembro o CMTT aprovou por 11 a 2 o valor de R$ 2,92 seguindo as tais planilhas que ninguém tem condições de avaliar direito.

O Polenta News alertou que havia um jogo montado para que o prefeito saisse do bonzinho, no final do mandato. Se já havia essa predeterminação de escolher um valor menor por que os conselheiros, representantes da prefeitura não votaram nesse valor menor? O valor de R$ 2,85 recebeu 2 votos apenas, do DCEUCS e da UAB. Se acreditassemos em Papai Noel a explicação para isso seria que o prefeito foi convencido pelos argumentos das duas entidades, ou seja, o DCE e a UAB seriam responsáveis pelo reajuste menor da passagem de ônibus. Porém é difícil acreditar nessa história, por mais que isso fique bom para as entidades.

Por trás dessa história talvez se esconda algo muito pior. O governo Sartori entrou com uma Ação de Inconstitucionalidade, contra a lei que ele mesmo sancionou, que dava passa livre para pessoas entre 60 a 65 anos. A prefeitura ganhou a causa e o desconto só foi mantido porque era ano eleitoral. Agora, governo novo, reajuste menor, está com o caminho trilhado para que o decreto, que manteve o passe livre, seja revogado.

Com esse índice de reajuste a passagem de ônibus subiu 78,12% durante os 8 anos do governo Sartori. A inflação, no mesmo período, ficou em 43,88%. Mesmo com um reajuste próximo a inflação, dessa vez, há um grande "aumento real" no valor da passagem de ônibus de Caxias do Sul.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com