Um combatente aos maus tratos contra os animais na Câmara. Será?


O vereador eleito Jó Arse (PDT) declarou essa semana que quer apresentar um Projeto de Lei contra os maus tratos aos animais. Jó Arse é ex-coordenador e atual Conselheiro Fiscal da 25ª Região Tradicionalista.

Muito conveniente a proposta do vereador tradicionalista! Em tempos de rodeios onde um dos principais espetáculos são as provas de laço, uma lei viria muito bem em defesa dos animais. Resta saber que provas campeiras restarão, já que é muito subjetivo aquilo que maltrata ou não os animais.

Será que o vereador Jó Arse, em seu projeto de lei vai:

  • Proibir o uso de esporas?
  • Proibir o uso de sedem (artefato de couro amarrado ao redor do corpo do animal - sobre o pênis ou saco escrotal)
  • Proibir a prova de laço de novilhos - muitas vezes o bezerro tem ruptura na medula espinhal, ocasionando morte instantânea e a ruptura de diversos órgãos internos levando o animal a uma morte lenta e dolorosa


Vale lembrar que no Rodeio Crioulo de 2012 foram encontrados três aparelhos para dar choques em animais: Mau exemplo no Rodeio Crioulo de Caxias.

Contudo, nem só de maus exemplos vivem os Rodeios crioulos. Há uma série de espetáculos que valorizam a cultura gaúcha e são muito saudáveis, como os festivais de música, danças e poesias.

Aguardamos uma lei que realmente coíba a tortura dos animais nos rodeios. E sem ironias, esperamos que o vereador cumpra o que promete.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mauro Pereira, fiel escudeiro de Eduardo Cunha na Câmara de Deputados

É um absurdo: Lasier Martins arranjou emprego para a namorada na Assembleia Legislativa

TV Caxias terá bens leiloados