quinta-feira, 14 de março de 2013

Consumidores caxienses começam a sentir os efeitos da redução de impostos de Dilma


A extinção dos impostos federais sobre a cesta básica, anunciada pela presidenta Dilma, no último dia 8 de março, começa a ser sentida em Caxias do Sul. Ainda de maneira tímida, é bem verdade. O levantamento realizado pelo Jornal Pioneiro, publicado hoje, mostra um levamentamento de preços de quinze produtos entre os dias 11 e 13 de março em 5 supermercados da cidade.

Pelo levantamento o Vantajão foi o que mais reduziu os valores dos produtos. A cesta de produtos que custava R$ 61,61 - na segunda feira - passou para R$ 58,95 - na quarta - uma redução de 4,21%. A redução ainda é inferior ao imposto subtraído pelo governo. A maioria dos produtos tiveram redução de 9,5% nos impostos. Pasta de dente e sabonete deixaram de pagar 12,5% de impostos federais. Dos supermercados pesquisados pelo Pioneiro apenas o Big teve alta de preços de 0,12%.

Segundo o próprio jornal o levantamento não tem o objetivo de mostrar qual o supermercado tem a cesta básica mais barata porém ele nos mostra alguns indicativos importantes:

O preço dos produtos pode cair ainda mais. As população tem que ficar vigilante para que a redução de impostos não acabe virando lucro para o empresário. Depois de todas as desonerações de impostos federais fica a pergunta: E o Impostômetro da FIESP? Por que a entidade está no mais absoluto silêncio? Será que está envergonhada com o fato de ter manipulado a opinião público durante tantos anos?

Outra lição que se tira é o quanto é significativo o Bolsa Família. Para quem gasta os R$ 70,00 numa noitada o valor é insignificante, pode ser até considerado uma esmola. Entretanto para uma família com poucas condições financeiras esse valor possibilita comprar:

  • 1 Kg de carne bonina de 1ª
  • 1/2 Kg de café
  • 1 litro de óleo de soja
  • 1 Kg de açúcar
  • 1 pacote de 200 gramas de manteiga
  • 1 Kg de pão
  • 4 rolos de papel higienico
  • 1 tubo de pasta de dente
  • 1 sabonete
  • 1 litro de leite
  • 1 Kg de arroz
  • 1 Kg de feição
  • 1 Kg de farinha de trigo
  • 1 Kg de batata
  • 1/2 kg de massa
 e ainda sobra R$ 11,05 que dá para pagar a conta de água que teve 19% de reajuste.

Você não acha bastante?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com