Não pegou bem

As declarações do final de semana do ex-chefe de gabinete do Prefeito Sartori, Edson Néspolo (PDT), não pegaram bem.

Ele declarou em entrevista ao jornal Pioneiro que não descarta a possibilidade de concorrer como Prefeito em 2020, após a reeleição de seu colega de partido, Alceu Barbosa Velho.

Mesmo que possa haver tal possibilidade, as declarações pareceram um tanto quanto presunçosas por parte de Néspolo, que sempre foi tão discreto enquanto esteve à frente do Gabinete do Prefeito. Aliás, ninguém nega sua força e eficiência durante o governo peemedebista quando era o braço direito de Sartori.

Todo esse exercício de futurologia que Néspolo fez para o jornal, publicamente, também acabou demonstrando possíveis desavenças entre ele e Alceu. Afinal, corre à boca pequena que Néspolo não gostou muito de ter sido isolado como Presidente da Festa da Uva, onde não goza mais dos poderes que tinha no governo anterior. Então, as declarações ficaram com cheiro de retaliação ao atual governo e à Alceu.

Certo é que teve pedetista muito bravo nesse fim de semana e que condenou a manifestação do ex-todo-poderoso Edson Néspolo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mauro Pereira, fiel escudeiro de Eduardo Cunha na Câmara de Deputados

É um absurdo: Lasier Martins arranjou emprego para a namorada na Assembleia Legislativa

TV Caxias terá bens leiloados