terça-feira, 28 de maio de 2013

Agora é fato. Passagem de ônibus em Caxias vai baixar, só falta saber quanto

Reunião de ontem para discutir o que já deveria estar em
vigor [Foto: Icaro de Campos]
Em nota publicada ontem, 27, no site da prefeitura, o prefeito Alceu Barbosa Velho (PDT) reuniu-se com o secretário de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMTTM), Zulmir Baroni Filho, para discutir o impacto das novas desonerações de impostos, sobre a folha de pagamento das empresas de ônibus, que será editada, via MP, pela presidenta Dilma em 1º de junho.

Na nota o secretário afirma: “Iremos refazer os cálculos a pedido do Prefeito, pois poderemos ter uma redução no valor da tarifa hoje praticada”.

Na verdade a prefeitura já deveria ter reduzido o valor das passagens de ônibus. O Polenta News já levantou essa questão em 30 de janeiro desse ano quando noticiamos a ação do Tribunal de Contas do Estado (TCE) contra a planilha de cálculo da passagem de Porto Alegre. (veja aqui).

Em 13 de maio, 4 dias antes da notícia do colunista do Pioneiro, apresentamos o cálculo que deveria estar valendo desde 1º de janeiro. Com base nas planilhas da própria secretaria o valor da passagem de ônibus deveria ser de R$ 2,81, ou seja, alguém está ficando com os R$ 0,04 a mais pagos na passagem (veja aqui).

Com essa informação construímos o VISATÔMETRO. Que, no momento que esse texto está sendo escrito, aponta um valor de R$ 690.000,00 pagos a mais pelos usuários de trasnporte coletivo de Caxias do Sul.

Com a nova redução de impostos, PIS e CONFIS, o valor deve cair mais 3,65%, ou seja, R$ 0,10. Com isso o novo valor da passagem não poderia se maior que R$ 2,71 (R$ 2,70 para arredondar). Qualquer valor maior que isso sobrará nos cofres da Visate.

A atitude do prefeito, portanto, é tentar confundir. Ele já deveria ter baixado o valor como fez seus Canoas, Gravataí e Guaíba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com