sexta-feira, 24 de maio de 2013

EXCLUSIVO: Negligência médica faz criança perder a perna no postão 24 horas

Esta semana aconteceu um caso muito triste em Caxias. Um menino de apenas oito anos teve de amputar a perna devido à negligência no atendimento do Pronto Atendimento 24 horas - Postão.

A criança sofreu uma fratura quase exposta na perna e foi atendida pela manhã no Pronto Atendimento 24 horas. Ficou lá o dia inteirinho aguardando leito. À noite, quando finalmente foi atendida por um especialista no Hospital Pompéia, não houve mais condições de tratar o ferimento e a perna do menino teve de ser amputada. Isso mesmo. Um jovenzinho com a vida inteira pela frente, que gostava de esportes e apenas sofreu um acidente andando de bicicleta teve de ficar sem uma perna por causa da negligência do atendimento de saúde municipal.

O menino está na UTI e ontem, quinta-feira, quase veio a óbito por complicações decorrentes da grande cirurgia feita, agravada pela demora no atendimento.

A negligência ocorrida neste desastroso caso é corriqueira no Postão. Desde que foi implantado o Centro de Leitos, onde um médico plantonista faz as ligações para os hospitais em busca de leitos, situações como essa se repetem diariamente.

A Central de Leitos foi implantada ainda no Governo Sartori e já deu diversas demonstrações de que não funciona. Antes, o próprio médico que fazia o atendimento do paciente, ligava para os hospitais e agendava o leito, sem maiores dificuldades e com maior eficiência.

Com a Central, os atendimentos no Postão ficaram uma bagunça e a espera por leitos é muito mais demorada. Dia desses, por exemplo, ocorreu um parto no PA 24 horas (que foi realizado pela própria Secretária de Saúde, Dilma Tessari) e o bebê foi levado para a UTI pediátrica do Pompéia. Cerca de 3 horas depois, as enfermeiras do Hospital ligaram para o Postão perguntando onde estava a mãe da criança. Isso mesmo. Mandaram o bebê pro hospital e esqueceram da mãe no Postão.

Depois de mais um relato estarrecedor como esse, reforça-se a constatação de que a saúde municipal continua um caos!

2 comentários:

  1. Esta semana aconteceu um caso muito triste em Caxias. QUANDO? DIA DA SEMANA?
    POLTICAGEM EM CAXIAS PARA ANGARIAR VOTOS:
    1) SISTEMA MARRECAS: da maneira como foi construído, inaugurado e TAPADA a boca da imprensa com MILHÕES em publicidade.
    2) CANCHA TAPADANOS PAVILHÕES DA FESTA DA UVA: por praticantes da cultura gaúcha (?) não, por pessoas que USAM a cultura gaúcha para se eleger
    3)ANEXAÇÃO DE CAZUZA E JUÁ: coisa mais particular que essa não existe. Caxias não consegue cumprir com as demandas dos bairros e distritos que tem. Esta meia dúzia de MENTIROSOS querem na verdade AUMENTAR seu patrimônio com as terras. Verifiquem em cartório quanta terra estes ABENÇOADOS anexadores tem nos arredores. MAIS, A PREFEITURA DE CAXIAS JÁ VISA AS ÁGUAS DE SÃO XICO. PODEM APOSTAR

    ResponderExcluir
  2. Cambada de sem vergonhas, Ladrões e manipuladores da população, não vi nada acontecer de melhorias após a posse do novo governo municipal enrrolação e lavagem de dinheiro publico tem aos montes aí. Então eu pergunto... Onde estão os novos postos de saúde, hospitais, escolas, senhor prefeito??? Está instalado o caos na saúde publica, um menino de 8 anos perder a perna por imprudência e falta de minimas condições de atendimento no PA 24 hs. Particularmente tenho até medo de cair em um posto desses, vc chega la vivo e sai dentro de um caixão... Comenta no Face agora o ocorrido. (Tiro de laço). Corja, tem vagabundo la dentro da prefeitura mamando e coçando o dia todo, manda esses vagabundo pra rua trabalhar e procurar o que fazer pela população, e ficar passeando de carro também não adianta nada pra nós.

    ResponderExcluir

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com