sábado, 20 de julho de 2013

Aprovado pedido de informações sobre profissionais da Secretaria Municipal da Saúde

A prefeitura municipal deverá prestar informações à Câmara Municipal a respeito dos profissionais que atuam na Secretaria Municipal da Saúde. Entre outros questionamentos, está a quantidade de médicos na pasta. O pedido, de autoria do vereador Daniel Guerra (PSDB), foi aprovado por unanimidade na sessão ordinária desta quarta-feira, 17.

O documento que solicita as informações propõe que sejam esclarecidos detalhes sobre a contratação dos médicos, os locais em que há carência de profissionais e quantos médicos contratados ou concursados atuam na docência do curso de Medicina da Universidade de Caxias do Sul (UCS). Também pede a apresentação de uma planilha com a demanda reprimida de consultas e exames especializados da Central de Consultas Especializadas, e de cirurgias e exames especializados do Departamento de Avaliação, Controle, Regulação e Auditoria (DACRA).

Daniel Guerra afirmou que faltam adjetivos para os maus-tratos e para o desrespeito para com a comunidade, no que se refere à saúde. Afirmou que, em poder de dados oficiais, é possível dialogar sobre a matéria e apresentar sugestões de melhoria. "Espero que sejam acolhidas essas questões para poder dar uma resposta efetiva e entender, de forma oficial, o que está acontecendo na saúde da população", completou.

O sindicato médico de Caxias do Sul ainda mantêm um "estado de greve" há 1202 dias. A situação do reajuste salarial ainda não foi plenamente resolvida e se o sindicato não estivesse mais preocupado com a pauta nacional (revalida, programa Mais Saúde, etc), provavelmente voltaria sua mobilização para a prefeitura de Caxias do Sul. O requerimento é oportuno já que a situação da saúde na nossa cidade não tem melhorado com o passar dos anos.

Com informações da Assessoria de Comunicação da Câmara de Vereadores

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com