Caberlon: Sob o sol da Toscana

O ex-diretor-presidente do Samae, Marcus Vinícius Caberlon, comandou a autarquia durante os 8 anos de governo Sartori. A milionária obra do Marrecas, que teve seus custos quase dobrados (R$ 330 milhões), foi realizada sob sua gestão.



Pois é... Caberlon, que também era diretor do S.E.R Caxias, deixou o país. Informações extraoficiais dão conta de que ele foi morar com a família em Toscana, na Itália.


A cidade de Toscana é conhecida pela paisagem bucólica, com arquitetura medieval bem preservada e ladeado por lindíssimas colinas. Também é conhecida pelo alto custo de vida. Haja dindim!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mauro Pereira, fiel escudeiro de Eduardo Cunha na Câmara de Deputados

É um absurdo: Lasier Martins arranjou emprego para a namorada na Assembleia Legislativa

TV Caxias terá bens leiloados