quarta-feira, 17 de julho de 2013

Movimento Caxias Acordou entrega reivindicações ao prefeito


Foto: ANDRÉIA COPINI
O movimento Caxias Acordou entregou, na manhã da terça-feira, 16, para o prefeito Alceu Barbosa Velho, um conjunto de reivindicações que foram apontadas durante o manifesto ocorrido no dia 5 de julho.

As duas principais pautas do movimento são:

# Transporte Público e Mobilidade Urbana de Qualidade (R$ 2,50 na passagem e Contra o Monopólio da Visate)

# Horário das Sessões da Câmara de Vereadores deve ser às 18h (pela participação popular)
Além disso o encontro falou sobre reforma política, maior participação e envolvimento da comunidade nos debates como no Fórum dos Usuários do Transporte Coletivo e em conselhos municipais.

O Prefeito disse que as manifestações são justa, oportunas. Que seu gabinete está de portas abertas, etc, etc, etc.Mas de concreto falou muito pouco. Para o prefeito o problema não é com ele. É sempre problema do governo federal, ou do governo estadual ou dos impostos. Porém ele não apresenta nada de objetivo no quesito revisão dos lucros da Visate, abertura das planilhas ou mesmo democratização dos conselhos.

É bom lembrar que em março, antes de começarem os primeiros protestos na capital, o prefeito disse que era impossível baixar o valor da passagem de ônibus. Quando os protestos começaram ele baixou rapidinho o valor para tentar evitar ser alvo dos protestos. Não adiantou e a prefeitura foi lembrada nas duas grandes manifestações que houveram.

Agora que o movimento perde a força nas ruas o prefeito aproveita para dar uma curva na gurizada. Será que ele dará alguma resposta aos manifestantes? Todos os governantes, em todas as esferas de poder, por todo o país fizeram algo para ouvir a "voz das ruas" (mesmo que isso não tenho contentado a todos), menos o prefeito de Caxias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com