domingo, 21 de julho de 2013

Vinda do Papa ao Brasil custará R$ 350 milhões, a maior parte é de recursos públicos

A vinda do Papa Francisco para participar da 26ª Jornada Mundial da Juventude terá aplicação de fartos recursos públicos, que superam as exigências que seriam dispensadas a um Chefe de Estado estrangeiro.

Do total de gastos mais da metade deles será de recursos da União, do Estado e da Prefeitura do Rio de Janeiro. Estão incluídos os gastos com segurança, obras (em um terreno privado) e logística. Mas também estão incluídos, na conta do poder público, gastos acessórios como as 4 milhões de hostias que serão distribuídas aos fiéis, como foi divulgado pelo O Globo.

E a cada momento a conta aumenta. Um custo extra de R$ 7,8 milhões para a contratação de serviços de saúde privado, para atender as pessoas que irão ao evento e que seriam custeados pela Igreja Católica, estão sendo repassados para o município do Rio. O Ministério Público do Rio de Janeiro abriu investigação sobre essa conta que chegou apenas agora.

Da parte que ficaria de responsabilidade da Igreja Católica, os recursos virão da venda de produtos licenciados, arrecadação de doações voluntárias e de patrocínios. Entre as empresas patrocinadoras, estão o Bradesco, Itaú, Santander, Nestlé, Ferrero, Estácio e McDonald’s, além das agências TAM Viagens e Havas.

A arrecadação desses valores dependerá em muito do número de pessoas presentes e do consumo delas desses produtos ou das doações. Nesse ponto a conta pode não fechar. A previsão inicial de 2 milhões de participantes pode não se concretizar declarou o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi."Não sabemos. Nós nos preparamos para 1 milhão ou 1 milhão e pouco. E, em alguns locais, podemos chegar a ter 2 milhões."

Para se ter uma ideia do volume de recursos usados nesse evento, somente a parte que cabe aos poderes públicos poderiam construir 219 Unidades Básicas de Saúde padrão 4 (o maior projeto do Ministério da Saúde). Não é a toa que atos acontecerão, a exemplo da Copa das Confederações, por todo o país. Durma-se com um barulho desses. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com