domingo, 22 de setembro de 2013

29 mil pessoas estão na fila de espera por consulta em Caxias do Sul

Foto: Gustavo Rech
Na manhã da ultima quinta feira, 19, a secretária municipal de Saúde, Dilma Tessari,  apresentou à Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Câmara Municipal de Vereadores, um panorama geral das realizações e das dificuldades da secretaria.

O dado que chamou mais atenção foi o de 29 mil pessoas na fila de espera por uma consulta na cidade. Entretanto a secretária parece não estar muito preocupada com esse número já que ela resolveu enfatizar que 40% das consultas agendas o paciente não comparece.

No nosso modo de ver isso é perfeitamente explicável. Pelo elevado tempo de espera ou o cidadão arruma um outro jeito de fazer a consulta ou ele é vencido pela doença. Esse número demonstra, mais que as goteiras no Postão 24 horas (veja aqui), o quadro de falência da saúde em Caxias do Sul.

A reunião da Comissão de Saúde rendeu debates na sessão da Câmara no mesmo dia. O crítico mais duro foi o tucano (ou ex-tucano), Daniel Guerra (PSDB), "o prefeito Alceu Barbosa Velho teria prometido, em época eleitoral, que solucionaria todas as demandas relacionadas à saúde pública. Entretanto, a resposta que se obteve de Dilma [Tessari] é que a situação apresenta complexidade".

Até dentro da base governista houveram críticas à secretaria. O vereador Jaison Barbosa (PDT) disse "que é preciso buscar soluções imediatas, porque uma lista de espera dessa grandiosidade não pode ser admitida". Seu colega de partido, Pedro Incerti, por outro lado enxerga que não tem problema nenhum "as pessoas estão contentes com o trabalho realizado dentro das unidades básicas de saúde". Se elas realmente estivessem contentes alguém acha que estariam lotando o Postão 24 horas em busca de atendimento?

Não é de hoje que a situação da saúde em nossa cidade vem decaindo. Não se pode usar a desculpa de que Caxias atende pessoas de outros municípios. A própria secretaria aponta que 75% dos atendimentos são de caxienses e 25% são de moradores de outras cidades da região.

Caxias recebe recursos para atender todas essas pessoas sim! Em 2012 Caxias do Sul recebeu do Ministério da Saúde R$ 84.943.548,39, para ações de média e alta complexidade sem falar nos mais de R$ 2 milhões em investimento, aí estão incluídas a UPA da Zona Norte e a transformação do Postão em UPA, só em 2013.

A soma de recursos federais é quase metade de tudo que é investido em saúde em Caxias do Sul. Dinheiro tem. Está faltando competência para usa-lo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com