quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Os louros roubados pela Prefeitura

Cerca de 400 famílias sairão de área de risco na Rota do Sol (RSC 453) para serem abrigadas em moradias decentes. Serão construídos 18 prédios no Loteamento Mattioda, com 360 apartamentos. O complexo terá toda a infraestrutura de água, luz e saneamento.

A notícia estampada nos jornais, atribuem os feitos à Prefeitura. Sim, a Prefeitura é a executora do projeto, mas os recursos são do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) do Governo Federal. São R$ 36  milhões que mudarão a vida de centenas de pessoas.

Se não fosse essa verba do Governo Federal, em que situaçao estariam os programas habitacionais em Caxias? Pois além do Loteamento Mattioda, também está prevista a contrução do Loteamento São Gennaro. Esse projeto faz parte do Programa Minha Casa Minha Vida, também do Governo federal.

Campos de Cima da Serra
Espera-se que, diferente de outros programas habitacionais, esses realmente contem com a contrapartida da Prefeitura no sentido de proporcionar a essas pessoas saúde, educação e lazer. Não adianta só jogar as pessoas nos apartamentos e abandoná-las.

É o que aconteceu nos conjuntos habitacionais Campos da Serra, que estão bastante distantes dos demais bairros. Os moradores de lá, não possuem telefone nem internet, não há área de lazer, UBS próxima nem escola. E o transporte coletivo? Senta e espera, espera...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com