sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Com isenção de impostos municipais valor da passagem de ônibus em Caxias não terá aumento

O prefeito Alceu Barbosa Velho (PDT) anunciou nessa manhã que o valor da passagem de ônibus não sofrerá reajuste para 2014. O valor ficará congelado em R$ 2,75, em vigor desde a metade desse ano por conta de desonerações de impostos federais (veja aqui).

Para manter o valor atual da passagem o prefeito irá conceder duas desonerações de impostos. Uma será a isenção do ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza) que é de 2% e mais a taxa adminstrativa de 1% cobrada da Visate pela prefeitura.

As duas medidas precisam passar por aprovação da Câmara de Vereadores, o que não haverá dificuldade, e serão válidas até o final de 2016.

O prefeito porém esqueceu de comentar que a proposta de desoneração do ISSQN foi feita pelo vereador oposicionista, Rodrigo Beltrão (PT) ainda em junho desse ano (veja aqui). Ao que parece o prefeito não quis dar "ganho político" a um adversário ou achou que seria melhor fazer um proselitismo no final do ano.

De uma maneira ou de outra não haverá reajuste da passagem de ônibus. Porém não se discute também os custos da empresa, no caso a Visate. As planilhas de cálculo são antigas, da década de 1980, e não correspondem mais a realidade de uma cidade como Caxias do Sul onde boa parte da frota trafega em ruas asfaltadas.

Outra questão que trará mais prejuízos do que benefícios será a extinção do 1% de taxa adminstrativa que a Visate paga para a prefeitura. Esse valor constituía um fundo que era utilizado para a reforma das paradas de ônibus que muitas vezes não tem nenhuma cobertura para proteger o cidadão das chuvas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com